Notícias sobre o mercado imobiliário e economia Ir a idealista.pt »

rendas antigas

Crise no imobiliário aumentou a oferta de camas paralelas em portais de arrendamento para férias.

Segundo Menezes Leitão, presidente da Confederação Portuguesa dos Proprietários (CPP), o pagamento do IMI com base nos valores de renda cobrados iniciou-se em 2012, mas só 10% dos senhorios terá apresentado o requerimento. Para voltar a beneficiar desta situação, os senhorios tiveram de apresentar novo requerimento até dia 31 de janeiro.

Notícia sobre:
Habitação
Para a ANP, só têm vantagem na tributação autónoma senhorios com um rendimento de 60.000 euros,

Os representantes da troika reuniram-se, na semana passada, com alguns membros da Comissão de Monitorização da Lei das Rendas. Durante o encontro, os mesmos mostraram-se algo preocupados com os contratos de arrendamento paralelos, adiantou a Associação dos Inquilinos Lisbonenses (AIL). “Um dos aspetos fundamentais para os técnicos da troika (….) era saber se existem muitos arrendamentos paralelos, sem contrato, e saber como seria possível regularizar tal situação para que o Governo viesse a cobrar mais impostos”, referiu, em comunicado a AIL.

Notícia sobre:
Habitação
Spreads para o crédito à habitação estão entre os 3,9% e os 5,5% nos principais bancos

Os proprietários de casas com rendas antigas que queiram continuar a beneficiar da cláusula de salvaguarda que impede o aumento súbito do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) têm de repetir a sua declaração às Finanças até 31 de janeiro. Esta é a segunda data-limite fixada, já que o prazo inicialmente previsto na lei terminaria a 15 de dezembro, mas como só ontem (dia 12) foi publicada a portaria que consagra o modelo do documento a entregar ao Fisco, o Governo alargou o prazo para os proprietários cumprirem esta obrigação.

Notícia sobre:
Habitação

Os valores da renda condicionada vão aumentar entre 6,22 e 7,85 euros em 2014, segundo uma portaria publicada quarta-feira em Diário da República, que fixa o preço da habitação por m2 neste regime. Sublinhe-se que a renda condicionada assenta no valor da casa, ao qual é aplicada uma certa taxa de rendimento.

Nova Lei do Arrendamento Ubano entrou em vigor a 12 de novembro de 2012.
Notícia sobre:
Habitação
suspensão deve-se à actualização do cadastro predial, realizada pela autoridade tributária e aduaneira

A Associação Académica de Coimbra entregou esta segunda-feira ao Presidente da República uma petição com mais de 4 mil assinaturas em que é pedido um regime de exceção à lei do arrendamento para as Repúblicas de Estudantes.Segundo a TSF, a atualização das rendas nas Repúblicas de Estudantes levou já ao encerramento de uma dessas casas que não teve como satisfazer a atualização da conta a pagar ao senhorio.Esta república passou de pouco de 12 euros para mais de 760 euros e o mesmo poderá vir a acontecer a outras repúblicas.Notícia relacionadaRepública de Coimbra encerra após renda ter aumentado 6.012%

Notícia sobre:
Habitação

A resolução de um processo de despejo em três meses, motivo que levou o Governo a criar o Balcão Nacional do Arrendamento (BNA), está longe de ser uma realidade. É que apesar de haver maior rapidez na resolução dos processos, o inquilino pode sempre apresentar oposição ao despejo que corre no BNA, caso em que este terá de passar para o tribunal. Uma situação que continua a acontecer com frequência.

famílias com um rendimento anual inferior a 19.200 euros não podem ser despejadas
Notícia sobre:
Habitação

Em cerca de três meses e meio, entre meados de julho e o dia 8 de novembro, mais de 41 mil inquilinos pediram o comprovativo de carência económica às Finanças. Trata-se de um documento – a declaração do Rendimento Anual Bruto Corrigido (RABC) – que é essencial para que os arrendatários tenham acesso ao período de transição de cinco anos com aumentos de renda menos significativos.

Serviços de Finanças só começaram a passar as declarações de RABC aos inquilinos em julho.
Notícia sobre:
Habitação
Portugal é um país de proprietários, mas há cada vez mais inquilinos.

A nova lei das rendas entrou em vigor há precisamente um ano – a 12 de novembro de 2012 –, mas tem suscitado enorme polémica. Aliás, esta é uma lei que nunca gerou consenso. De um lado estão os proprietários, que fazem um balanço positivo do novo diploma, do outro estão os inquilinos, que respondem à letra e alegam que o balanço é “bastante negativo”. 

Notícia sobre:
Habitação

Há cada vez mais pessoas a optar por arrendar casa em vez de comprar. Os bancos estão a cortar no crédito à habitação e a solução passa, muitas vezes, por ser inquilino. Na tabela em baixo encontras uma lista de casas para arrendar na cidade do Porto que estão anunciadas no site Idealista.pt. São imóveis com rendas entre os 260 e os 650 euros por mês. Clica nas fotos da tabela e fica a conhecer 25 casas para arrendar no Porto por menos de 650 euros 

Notícia sobre:
Habitação

de acordo com o jornal i, as casas, regra geral, têm mais de cinco assoalhadas mas as rendas são antigas e mesmo com a actualização dos valores que já foi posta em prática, o rendimentos não é proporcional aos valores cobrados pelas finançao i dá como exemplo o caso de um proprietário com inquilinos que não pagam mais de 60 euros de renda e que terá agora de desembolsar às finanças 12 mil eurosé que as finanças, no caso de os prédios estarem em propriedade vertical, e uma boa parte deles está, avaliaram fracção a fracção e o valor do prédio é o equivalente à soma de todas as parcelas. neste caso, 1,2 milhões de euroso jornal afirma que há já diversos proprietários a ser alvo de penhora, já que os primeiros pagamentos deviam ter sido feitos até 20 de dezembro de 2012 (a lei é de 29 de outubro mas tem efeitos retroactivos)com  a aplicação do imposto adicional sobre imóveis de luxo, o governo prevê arrecadar 350 milhões de euros até ao final do ano

Notícia sobre:
Habitação

Páginas