Notícias sobre o mercado imobiliário e economia Ir a idealista.pt »
no primeiro trimestre, a remax e a century21 facturaram 50 milhões de euros com casas da banca

casas da banca fazem disparar vendas de imobiliárias

a remax e a century21 facturaram, no primeiro trimestre, 50 milhões de euros de imóveis da banca, repartidos por 40 milhões da primeira empresa e 10 milhões da segunda. estes números, de duas das maiores empresas de mediação imobiliária do país, superam largamente as operações, ainda residuais, realizadas no ano passado, razão pela qual os seus responsáveis reconhecem o crescente peso das transacções com apartamentos da banca

"o negócio de desinvestimento [por parte da banca] era muito baixo até ao ano passado, 50 a 60 operações, mas cresceu fortemente. no primeiro trimestre, atingiu 728 [operações], das quais 38 arrendamentos. tem a ver com a necessidade de a banca realizar capital e do financiamento garantido de 100%", explica ao diário económico a presidente-executiva da remax portugal, beatriz rubio. com 221 lojas, a maior rede de mediação de portugal prevê atingir este ano um peso de 8,5% das transacções totais (em 2011, realizou 29.355 operações)

já ricardo sousa, administrador para portugal e espanha da century21, estima que o peso das transacções da banca "chegue a 30% este ano, contra 15% no ano anterior"

Escrito por equipa@idealista
Publicidade

Comentários

Para poder comentar debes

Os Abutres, esses coitados, são animais e justificasse que se alimentem para sobreviver, agora os Abutres Humanos, que se alimentam com a infelicidade dos que perderam o Lar, sao sem duvida alguma piores que os animais. Não estranhemos por isso a crise mundial que esta por ai, e que vai continuar enquanto nao se lancar um verdadeiro olhar sobre a condicao humana, e o que referi neste meu comentario, e uma dessas provas. ja que os bancos as Finanças e outros tantos querem passar a ser os verdadeiros Mediadores imobiliarios, pergunto se nao seria mais dignificante para os profissionais da actividade, deixar todo o credito mal parado e respectivas penhoras para as competentes instituicoes que colapsaram sistema, ou sera que estou enganado. Relativamente asduas empresas de mediacao imobiliaria em causa nesta noticia, as casas Mae sao estrangeiras e Dai o vale tudo para ajudar a destruir portugal, o que e mesmo de lamentar, e que os profissionais que nelas trabalham sao 99% portugueses, um pouco mais de respeito, dignidade, e solidariedade, seriam muito bem acolhidos por todos os restantes portugueses, que nao os abutres.

0 0
Gosto
Não gosto

aCREDITE QUE PARA UM PROFISSIONAL DA ACTIVIDADE OS PARTICULARES SAO PRIORIDADE..OS CLIENTES SÃO TRATADOS PELO NOME E NÃO PELO NUMERO DE REF,MAS NEM SEMPRE É POSSIVEL SE VENDER IMOVEIS COM O CARRO AS FERIAS ETC..SÓ QUEM ESTA NA ACTIVIDADE É QUE COMPREENDE AS DIFICULDADES DO SECTOR.ps NÃO É UMA CRITICA..MAS EXISTEM EXELENTES PROFISSIONAIS NO MERCADO QUE LUTAM TODOS OS DIAS NESTE MUNDO DE CÃO..

0 0
Gosto
Não gosto

OS BANCOS NO INICIO USARAM VERDADEIROS MEDIADORES PARA VENDEREM OS IMÓVEIS DE RETOMA, ATÉ PORQUE ESSAS EMPRESAS FRANCHISADAS SÓ QUERIAM VENDER DOS PARTICULARES, QUE ERAM AQUELES QUE PAGAVAM MELHOR E PODIAM SER MAIS BEM ENGANADOS. HOJE OS BANCARIOS MOSTRAM CASAS, OS FRANCHISADOS PAGAM COMISSÕES AO BANCARIOS, OS BANCOS PAGAM COMISSÕES AO FANCHISADOS. SÓ SE VÊ PLACAS DE RETOMAS E PARECE QUE O RESTO ACABOU. POR ISSO O QUE ESTÁ A DAR É VENDER CASAS DO BANCO SE SÃO BOAS OU NÃO, ISSO NÃO INTERESSA... CONVÊM É DIZER QUE É DO BANCO.

0 0
Gosto
Não gosto

Uma vergonha o que se passa.trabalho no meio do negócio imobiliário e não tenho palavras para descrever a orientação escolhida para resolver o problema do imobiliário da banca e proveniente de processos de dação em pagamento.A banca inicialmente financiou empresários construtores (muitos não passavam de pedreiros montados em mercedes), financiando desde a aquisição do terreno até >100% da obra, a seguir financiou a 110% e 120% os adquirentes daqueles imóveis, num processo especulativo que inevitalmente colocou os preços em niveis record. A banca avaliava os imóveis, num claro conflito de interesses, atribuindo-lhes o valor que bem entendia ser necessário para alimentar esse negócio.Hoje a banca aceita diariamente 30 imóveis em dação em pagamento, sem que tenha uma estrategia para escoar esse produto, objectivos imediatos maquear balanço, segundo passo vender o produto aceite a qualquer preço, criando um processo de desvalorização de todo o parque imobiliario. sucede que o parque imobiliario serve de garantia real a muito do negócio em curso na banca, de onde se retira que as garantias são menores dia após dia... o que não sugere nada de bom. Pelo caminho acabou-se com a industria da construção, multiplicou-se o nº desempregados, nasceram, e continuarão a nascer, falencias de particulares e empresas, etc... A banca é o responsavel maior, diferente de ser unico, num processo que não correu bem, mas que deu à banca milhões de euros de lucro, hoje a mesma banca tenta lucrar, minimizando os prejuizos da situação criada e alimentada, esquecendo que do outro lado estão pessoas, familias e um sector vital da economia. Os mediadores imobiliários devem dizer não ao caminho escolhido pela banca, os mediadores imobiliários devem ser dignos e integros, dizendo não ao que toda a gente vê ser cavar uma sepultura mais funda, os mediadores devem participar de uma solução em que sejam acautelados os interesses de todos (particulares, empresas, banca, etc..), caso contrário é estar a aceitar migalhas de quem os há-de matar.

0 0
Gosto
Não gosto

Vergonha!!!! Remax e century 21 vão para os estados-unidos onde há muito para fazer na economia e no mercado imobiliário.Esta gente são verdadeiros abutres, negócios que visam o lucro a qualquer custo.mediação imobiliária pretende-se que seja uma parte de um processo de criação de valor, o que vocês estão a fazer é precisamente o contrário, é destruir valor.portugueses tomem atenção ao que nos rodeia, digam não a estes oportunistas.Remax - não obrigadoCentury 21 - não obrigadoquando o valor dos imóveis chegar a "zero" esta gente arruma as malas e vai sugar para outras paragens (provavelmente brasil).

0 0
Gosto
Não gosto

ABUTRES...sem comentarios se fosse uma das pessoas a ter que entregar a casa ao banco,não falava assim..não é culpa das agencias do pais estar no estado em que esta.SÓ QUEM NÃO SABE MINIMAMENTE NADA DA ACTIVIDADE,FALA ASSIM!!!!

0 0
Gosto
Não gosto

ABUTRES...sem comentarios se fosse uma das pessoas a ter que entregar a casa ao banco,não falava assim..não é culpa das agencias do pais estar no estado em que esta.SÓ QUEM NÃO SABE MINIMAMENTE NADA DA ACTIVIDADE,FALA ASSIM!!!!

0 0
Gosto
Não gosto

Pois estas ditas Marcas Remax e centuri 21 que apregoam que só trabalham em exclusivo, "particulares", nas casas da banca trabalham totalmente em aberto, com comissões mínimas.Isto só revela que à comportamento dúbio que favorece nitidamente a BANCA, penalizando os particulares que tem as suas casas à venda, mesmo nestas marcas!

Olho Vivo

0 0
Gosto
Não gosto

ESTA ENGANADO GRANDE PARTE DOS IMOVEIS DA BANCA,SÃO TRABALHADOS EM EXCLUSIVO!!MAS SEM DUVIDA OS PARTICULARES SÃO PRIORIDADE..

0 0
Gosto
Não gosto

sabe se é de certeza é que marcas como Remax, ERa, century 21, são francisados internacionais e que em cada venda, uma parte sai imediatamente do País, para pagamentos roialitis/dividendos, para a origem das marcas, tornando portugal pobre.

0 0
Gosto
Não gosto