Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Home Staging: Wabi-Sabi, aprender a apreciar a beleza das coisas imperfeitas... no teu espaço

Autor: Redação

Ensinar a aproveitar e valorizar ao máximo o potencial de cada espaço e tornar as casas mais atrativas é o objetivo desta rubrica do idealista/news Portugal, assegurada pela Home Staging Factory. Hoje falamos-te sobre o Wabi-Sabi, que é a arte de aceitar que a beleza está em tudo o que é imperfeito e mutável, incluindo nós próprios. É a arte de aceitar o naturalmente belo.

Wabi-Sabi é um conceito derivado do budismo zen, uma visão japonesa que nos ensina a ver a beleza mesmo nas coisas defeituosas, inconstantes e incompletas.

Numa sociedade que procura a perfeição e a felicidade a qualquer preço é fundamental apreendermos o conceito do Wabi-Sabi.  Percebermos que a perfeição não existe, que o bonito é o original, o único, o singular. A felicidade está na arte de saber apreciar a beleza que se esconde no mundo imperfeito. 

Onde está a beleza quando todos tentamos ser iguais, ser eternamente jovens? Onde está a beleza da patine que nos conta a história dos móveis e objetos que temos em casa?

O Wabi-Sabi significa aceitar a diferença, a irregularidade e a modéstia como atributos da beleza. É ter a capacidade de ver a beleza até nas coisas mais ínfimas e insignificantes da vida, mesmo que estejam repletas de falhas.

“Wabi” significa a simplicidade, o contacto com a natureza, a rusticidade. E “Sabi” significa a impermanência da vida, a ação de desgaste provocada pela passagem do tempo, a beleza da idade, das rugas e das marcas do tempo que contam uma história única e irrepetível.

Porque gostamos tanto das malas antigas dos caixeiros viajantes? E do lavatório que era da avó e que agora dá um toque único à casa de banho moderna?

Wabi-Sabi reside nos detalhes únicos e singulares, muitas vezes discretos e aparentemente insignificantes e esquecidos. É preciso ter humildade e sensibilidade para apreciá-los. É preciso ter arte. Uma arte que se aprende com o tempo e com a vida.

O Wabi-Sabi é a apreciação estética da imperfeição, pois é a falha, a diferença que torna as coisas únicas. Por isso a integridade dos objetos e dos processos naturais é tão valorizada.

Na decoração sobressaem os ambientes despojados, monocromáticos, de aspeto natural e rústico, conseguidos através da utilização de formas orgânicas e curvilíneas e com recurso a mobiliário e objetos decorativos produzidos muitas vezes com materiais no seu estado bruto.

Os japoneses acreditam que através de wabi e sabi é possível o alcance do vazio da mente que proporciona paz, quietude e tranquilidade.

A casa Wabi-Sabi é uma casa natural, simples, aconchegante onde qualquer pessoa se sente “em casa”. É uma casa naturalmente acolhedora.

Com uma decoração minimalista, cada objeto é escolhido cuidadosamente pela história que conta. Cada imperfeição, cada objeto usado, velho ou desgastado pelo tempo confere um charme e particularidade única ao espaço.

A casa é considerada um templo e cada objeto tem um valor simbólico por mais desgastado ou quebrado que possa estar. O que prevalece neste tipo de decoração é a espontaneamente extraída do espaço, um espetáculo de singular beleza.

Wabi-Sabi: 5 ideias para a tua casa

  1. Usa arte verdadeira
  2. Usa acessórios artesanais
  3. Utiliza elementos naturais
  4. Utiliza elementos vintage/com patine/com história
  5. Retira tudo o que está em excesso, minimiza