Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arrendar casa a turistas: Portugal é referência no Alojamento Local e... no Home Staging

Home Staging Factory
Home Staging Factory
Autor: Redação

Portugal está na moda e é cada vez mais um destino de eleição para passar férias. Na rubrica de hoje do idealista/news sobre Home Staging, assegurada pela Home Staging Factory, explicamos-te a importância deste conceito no negócio do Alojamento Local (AL). Afinal, ensinar a aproveitar e valorizar ao máximo o potencial de cada espaço e tornar as casas mais atrativas é o nosso objetivo.

Lembras-te do tempo em que as casas para arrendar tinham papéis nas janelas a anunciar “Rooms”, “Chambres” e “Zimmers”? Lembras-te de arrendar uma casa de férias com os naperons por cima da TV e os santinhos nas paredes? Ainda há algumas aves raras por aí mas hoje em dia há acima de tudo muitas pérolas no alojamento português!

Com a explosão e evolução do AL, Portugal assistiu nos últimos cinco anos a um salto estrondoso a nível da qualidade dos alojamentos que oferece! Para teres uma pequena ideia da diferença, começa por procurar alojamento em alguns países vizinhos e espanta-te com a qualidade superior que Portugal oferece.

Home Staging Factory
Home Staging Factory

Há uns anos, os alojamentos de referência eram os hotéis, os boutique-hotéis ou as pousadas. As pensões e AL eram de forma geral de baixa qualidade, pouco apelativos e por vezes até desagradáveis. Tinham uma decoração descuidada, não tinham conforto, não eram acolhedores e não eram propriamente exemplares em termos de limpeza. 

Mas com a evolução e o grande aumento da concorrência tudo mudou! E mudou muito. Para melhor. O AL em Portugal está hoje ao nível dos hotéis em termos da qualidade apresentada.  

Home Staging Factory
Home Staging Factory

As casas e os apartamentos apresentados já não são apenas o standard ou o básico. Há alojamentos top e bem trabalhados do ponto de vista da decoração. E há os para todos os gostos e carteiras – desde o segmento mais low-cost ao segmento mais premium, todos são trabalhados para agradarem e até superarem as expetativas dos hóspedes.

Enquanto que há uns anos os proprietários aproveitavam metade da mobília que tinham a mais e completavam com mobiliário barato ou criavam uma “casa IKEA” hoje encontramos algumas pérolas dignas de revista.

O truque e a aposta tem por base o conceito Home Staging – fazer mais com menos – e conseguir um ambiente interessante, sedutor, acolhedor e distinto com um baixo investimento. Ou seja, faz-se uma decoração tendo sempre em vista o retorno do investimento. 

Home Staging Factory
Home Staging Factory

Para que se consiga ainda maximizar a rentabilidade do espaço, analisa-se o potencial do imóvel, o segmento-alvo pretendido e desenvolve-se um projeto tendo sempre em vista o ROI (Return of Investment). 

Diz quem já experimentou que rapidamente se consegue aumentar a taxa de ocupação e o preço por noite. Sem dúvida uma aposta ganha!