Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Como criar uma horta em casa: o que plantar e onde para ter produtos saborosos à mesa

As hortas caseiras são o tipo de cultivo ideal para quem tem pouca experiência e quer começar a aventurar-se no mundo da agricultura.

Freepik
Freepik
Autor: Redação

No quintal ou no jardim, no terraço ou na varanda, e até mesmo na cozinha. As hortas caseiras são o tipo de cultivo ideal para quem tem pouca experiência e, claro, pouco espaço. Podem aproveitar-se os vasos de parede ou floreiras, mas também os canteiros, e produzir diferentes ervas aromáticas ou até produtos hortícolas – uma excelente forma de comer melhor e mais saudável, especialmente em tempos de confinamento.

Onde plantar e cuidados a ter

Diretamente na terra, para quem tem a sorte de ter um jardim ou quintal, ou então em vasos, floreiras e estruturas verticais, que também são alternativas simples e práticas. Mas é preciso prestar a atenção à exposição solar: a maior parte dos produtos hortícolas e ervas aromáticas gostam e precisam de receber bastantes horas de sol. O ideal será, por isso, privilegiar espaços com alguma incidência de sol/luz, como zonas próximas das janelas ou, pelo menos, ventiladas.

Freepik
Freepik

A irrigação é outro dos fatores aos quais é preciso prestar atenção. O excesso de água é tão mau quanto a falta dela e, por isso, vale a pena investigar bem as espécies e cuidados que exigem.

Avaliar a qualidade do solo, para que as plantas cresçam saudáveis e bonitas, recorrendo a abubos ou compostos orgânicos para manter a horta rica, assim como a colheita, que varia consoante a época do ano, são outros aspetos determinantes para quem deseje aventurar-se a ter uma horta em casa.

A regra é simples: respeitar as características de cada planta, de acordo com as necessidades de luminosidade, rega, nutrientes, etc.

Gtres
Gtres

O que plantar

Devem escolher-se as plantações, seguindo alguns critérios, nomeadamente o que se gosta, o que se consome, e o que se adapta às condições e dimensões do espaço. No mundo das ervas aromáticas há uma grande variedade de espécies perfeitas para ter dentro de casa, desde manjericão, alecrim, salsa, tomilho, coentros, oregãos, ou hortelã. Todas elas ideais para plantar em vasos ou estruturas suspensas, por exemplo, desde que perto de um local soalheiro e com boa ventilação.

Freepik
Freepik

Quem quiser também poderá arriscar outro tipo de culturas, como alfaces, tomates, pepinos, alhos francês e até morangos, ou quiçá espinafres, cebolinho, cenouras e rabanetes. Mais uma vez, deve avaliar-se bem os cuidados que cada espécie exige antes de decidir o que quer que seja.

Freepik
Freepik

Antes de começar, claro, é importante reunir alguns utensílios de jardinagem. Um kit básico incluirá umas luvas, um canivete de podar, uma tesoura, uma colher e garfo, um regador, borrifador, e quiçá etiquetas, para quem desejar registar o que é que plantou e onde.