Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Uma viagem gastronómica pela Páscoa sem sair de casa

Uma viagem gastronómica pela Páscoa em Portugal
Descobre os pratos típicos da Páscoa nas regiões de Portugal / Unsplash
Autor: Redação

A Páscoa está a chegar e este ano espera-nos uma celebração diferente. De norte a sul do país, durante a Semana Santa, preparam-se pratos típicos que juntam à mesa pequenos e graúdos mas, como este ano é muito possível que não possamos juntar-nos em família, preparámos uma viagem gastronómica, deliciosa e tradicional para que não percas nenhuma das iguarias que caracterizam a Páscoa em Portugal, sem sair de casa.

De região em região, todas as receitas têm algo em comum: a abundância de comida e a alegria de quem os saboreia. E, nas mesas portuguesas existe um pouco de tudo, desde enchidos, a licores, cordeiro, até à tradicional bola e a pratos doces que ajudam a celebrar o final da Quaresma.

Descobre estes sabores, experimenta as suas receitas e deixa que estes pratos tradicionais ajudem a que a tua Páscoa seja um pouco mais "normal".

Minho

Cabrito assado tradicional
O cabrito assado tradicionalmente servido na Páscoa / Wikipedia
No Minho, no norte do país, as celebrações são, normalmente, dirigidas pelo Compasso, um grupo guiado pelo padre local, que passa por todas as casas oferecendo a benção da cruz. Os habitantes preparam muitos pratos e decoram as mesas para recebê-lo: bolas recheadas (uma espécie de pão recheado de carne e enchidos), cordeiro ou cabrito assado e o tradicional folar ou pão-doce.

Se este verão queres conhecer melhor o Minho podes alojar-te numa das casas anunciadas em Rentalia.

Trás-os-Montes

Folar de Chaves
Folar recheado de carne e enchidos / Wikipedia
Em Trás-os-Montes, o folar também é a estrela da festa, mas tem algo especial: está recheado com carne de vitela, de frango, de coelho, com presunto e salpicão, que enriquecem a massa, dando-lhe um sabor muito característico. Enquanto que na maioria das cidades, como por exemplo Bragança ou Mirandela, os folares são redondos e grandes, em locais como Freixo de Espada à Cinta são mais pequenos e achatados.

Podes experimentar fazer um folar em casa e ir pensando numa futura escapadela a Trás-os-Montes.

Beiras

Nas Beiras, o folar é preparado com funcho e canela e decorado com ovos cozidos ou pintados de desenhos coloridos. Na Covilhã, além do tradicional folar, cozinham broinhasbolos de azeite e as empanadilhas da Páscoa, pequenos doces em forma de meia lua, recheados de amêndoas e nozes. Para comer e chorar por mais!

Nesta região, tal como em algumas zonas do Alentejo, é normal não consumir carne até ao “Enterro do Bacalhau”, que marca o final da Quaresma. A partir daí, a carne passa a dominar os pratos e o cordeiro ou cabrito são as verdadeiras estrelas gastronómicas.

Com tantos pratos deliciosos, qual vais escolher para cozinhar durante a tua Páscoa caseira?

Alentejo

No Alentejo, o cordeiro e o cabrito também são os principais elementos desta época festiva e, aqui, todas as partes do animal são aproveitadas para preparar pratos deliciosos. O sangue e as vísceras são utilizados para preparar sarapatel e os miolos são considerados um verdadeiro manjar para as papilas gustativas. Mas, não te preocupes, aqui também gostam de receitas doce e não podem faltar as queijadas, os bolos fintos e, como é óbvio, folares.

Em Elvas também se prepara o doce pascal, um folar com forma de animais (lagartos, cordeiro, pintainhos e pombas), decorado com amêndoas brancas e ovos cozidos. Em Castelo de Vide utilizam uma receita própria para criar a Boleima, uma massa doce, recheada com açúcar, canela e maçã. Também podemos encontrar folares em forma de coração, oferecidos pelos namorados ao seu ou à sua amada.

Prepara um folar com uma forma divertida ou ovos pintados e faz um lanche de Páscoa, com direito a planear uns dias de verão numa casa de férias no Alentejo.

Algarve

No Algarve muitos dos pratos de Páscoa são semelhantes aos que se prepararam de norte a sul, mas um deles tem uma receita alternativa muito interessante. Aqui, o folar foge à tradição e chama-se folar de folhas, preparado com canela, açúcar amarelo, limão e manteiga.

A Páscoa por todo o país

Amêndoas doces
As amêndoas são um dos doces mais típicos da Páscoa / Pixabay
Além dos pratos típicos salgados e doces que podemos encontrar em cada região, existem pequenas tradições que são comuns a todo o país e que giram à volta de dois elementos: o chocolate e as amêndoas.

Durante a Páscoa, pais, padrinhos e avós mimam os mais pequenos com ovos de chocolate (desde tamanhos minúsculos a ovos gigantes), figuras de chocolate, como por exemplo o famoso Coelhinho da Páscoa, e amêndoas. Dde acordo com a tradição, estas últimas deveriam ser a prenda ou o “folar” oferecido pelos padrinhos aos seus afilhados: amêndoas de qualquer forma ou variedade, desde amêndoas naturais, a cobertas de açúcar ou chocolate, recheadas, coloridas...

Este ano pode ser mais difícil repartir estes doces pelos mais pequenos da família, mas podes sempre tentar a tua sorte para conseguir um grande ovo de chocolate num dos teus abastecimentos no supermercado.

 

Mesmo sem direito a mesa cheia e a uma grande celebração em família, este ano não deixes de festejar a Páscoa com alguns destes deliciosos pratos!