Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Descobre os queijos portugueses de Norte a Sul do país

Descobre os queijos portugueses de Norte a Sul do país
Prova os melhores queijos Denominação de Origem Protegida de Portugal / Wikipedia
Autor: Redação

Com a chegada do outono e dos dias mais frios, os planos que envolvem destinos gastronómicos são cada vez mais apetecíveis. E se essas escapadas incluem o queijo, um dos melhores produtos da gastronomia portuguesa, ainda melhor.

Preparámos um roteiro que te levará a provar os melhores queijos produzidos em Portugal, todos eles de Denominação de Origem Protegida (DOP), e que te deixará de barriga cheia. Esperamos que tenhas apetite porque estes queijos são de comer e chorar por mais!

1. Queijo de Azeitão DOP

2. Queijo da Serra da Estrela DOP

3. Requeijão Serra da Estrela DOP

4. Queijo de Cabra Transmontano DOP

5. Queijo de Évora DOP

6. Queijo de Nisa DOP

7. Queijo do Rabaçal DOP

8. Queijo de São Jorge DOP

1. Queijo de Azeitão DOP

Queijo de Azeitão DOP
Wikipedia
Com uma textura cremosa e um sabor forte, este queijo apela a diferentes paladares. Tal como o seu nome indica é produzido em Azeitão, a partir de leite de ovelha e é o acompanhante perfeito para o teu pão favorito ou para umas tostas.

Podes encontrá-lo à venda na maior dos supermercados mas, se queres visitar a “origem” desta iguaria, visita Azeitão, a apenas 30 minutos de Lisboa.

Se és vegetariano, não te preocupes, este queijo é fabricado com flor de cardo em vez de coalho animal e podes comê-lo sem problemas.

2. Queijo da Serra da Estrela DOP

Queijo da Serra da Estrela DOP
Wikimedia commons
Este queijo é famoso pelo seu aroma. Com um cheiro muito forte (que não é para todos os gostos), e uma textura amanteigada que faz com que seja perfeito para untar, este queijo de ovelha é conhecido como o “Rei” dos queijos portugueses.

É tão cremoso que é impensável cortá-lo com uma faca. Em vez disso, corta uma forma circular no topo do queijo, como uma espécie de tapa, pega numa colher e mergulha-a nesta maravilha de queijo quase derretido.

3. Requeijão da Serra da Estrela DOP

Requeijão da Serra da Estrela DOP
Pixabay
Se és fã do ricotta italiano, o Requeijão da Serra da Estrela DOP pode ser a opção perfeita para ti. Obtém-se por precipitação ou coagulação, pelo calor, das proteínas contidas no soro resultante da laboração do Queijo Serra da Estrela DOP e é ideal para untar no pão devido à sua textura suave e delicada. Esta massa cremosa a ligeiramente granulosa, macia e uniforme, de cor branca é outro produto típico da Serra da Estrela e pode ser degustado simples, desfeito em leite ou café, misturado com mel, doce de abóbora com ou sem pedaços de noz, avelã ou amêndoa... Qualquer desculpa é boa para comer um bom bocado!

4. Queijo de Cabra Transmontano DOP

Queijo de Cabra Transmontano DOP
Wikipedia
No noroeste do país, podes degustar o Queijo de Cabra Transmontano DOP, um queijo curado, muito duro e salgado, preparado com leite de cabra. Apesar da sua cor muito amarela, muitas vezes, encontrarás queijos transmontanos de cor vermelha, pintados com pimentão para intensificar o seu sabor.

Típico da região de Trás-os-Montes, esta iguaria também pode ser provada um pouco por todo o país e são muitas as lojas especializadas (e até supermercados) que o vendem. No pão, em lascas sobre uma salada, como entrada... Este queijo é perfeito de qualquer maneira!

5. Queijo de Évora DOP

Queijo de Évora DOP
Wikimedia commons
Menos denso que o queijo de cabra transmontano e típico da capital alentejana, este queijo denominação de origem é um queijo semi-duro, de cor amarelada, produzido com leite cru de ovelha, da raça regional Merina Branca

Se estás pelo Alentejo e és um fã dos queijos salgados e ligeiramente picantes, entra numa tasca e pede um bom queijo de Évora madurado. No entanto, se preferes sabores mais suaves, opta pela versão fresca ou menos madurada e delicia-te com o seu sabor delicado mas intenso.

6. Queijo de Nisa DOP

Queijo de Nisa DOP
Wikipedia
Também no Alentejo encontramos outro queijo famoso, o Queijo de Nisa. Preparado com leite cru de ovelha, da raça regional Merina Branca, este queijo também pode ser disfrutado por vegetarianos se se prepara com um coalho vegetal.

Ë um queijo de pasta semi-dura, com a caraterística cor amarela e é produzido em queijarias locais que mantêm os métodos de produção tradicionais.

Acompanha-o com tostas, bolachas salgadas ou prepara uma sandes e deixa-te levar pelo seu sabor cítrico e irresistível.

7. Queijo do Rabaçal DOP

Queijo do Rabaçal DOP
Wikipedia
O queijo do Rabaçal é outro dos queijos mais famosos do país, produzido numa aldeia perto de Coimbra, o Rabaçal.

É um queijo curado de pasta semidura a dura, branco-mate, produzido de forma artesanal a partir de uma mistura de leites de ovelha e cabra e de um coalho de origem animal. Se o provas, notarás um sabor caraterístico que se deve à erva “Santa Maria”, um tomilho espontâneo, abundante nesta área e que serve de alimento às ovelhas e cabras que fornecem o leite para a produção deste queijo.

Não deixes de prová-lo como entrada, sobremesa ou numa refeição suave.

8. Queijo de São Jorge DOP

Queijo de São Jorge DOP
Wikipedia
O queijo São Jorge DOP é obtido a partir de leite cru de vaca e trata-se de um queijo curado, de pasta dura ou semi-dura e cor amarelada, obtida após um período de maduração de cerca de 60 dias.

A sua produção iniciou-se à cerca de 500 anos, na ilha de São Jorge nos Açores e, até aos dias de hoje, quase não sofreu alterações. A qualidade da vegetação da ilha faz com que a alimentação dos animais seja muito completa, o que se reflete na qualidade do leite e, consequentemente, do queijo que tem um sabor picante e viciante.

Se visitas os Açores este é o souvenir perfeito.