Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas impressas em 3D: estas 4 construíram-se nos EUA em apenas um mês

São duas casas T2 e outras duas T4, que demoram entre cinco e sete dias a serem impressas.

Autor: Redação

As casas impressas em 3D já são uma realidade nos Estados Unidos. Os promotores 3Strands aderiram à tecnologia da construtora ICON para edificar quatro casas em Austin (capital do Texas, EUA) em pouco mais de um mês. Estas são as primeiras casas impressas em 3D à venda nos Estados Unidos, segundo diz a empresa.

Tratam-se de duas casas T2 e outras duas T4, que demoram entre cinco e sete dias a serem impressas. E, juntas, estas quatro casas foram o complexo residencial já batizado de East 17th Street, que foi concluido em março de 2021.

Foi através do braço robótico do sistema ICON que as casas foram construídas. Este braço é o responsável por colocar o material que forma as paredes das casas, na base de cimento Portland Lavacrete.

“Esse processo cria um material de construção mais resistente e durável em relação às técnicas tradicionais, tornando as casas mais resistentes a climas extremos”, afirmam desde a ICON. De acordo com a empresa, estes materiais são capazes de resistir a incêndios, inundações, ventos e outros desastres naturais melhor do que as casas convencionais.

O piso térreo destas casas impressas em 3D tem um acabamentos em cimento, enquanto no piso superior foi utilizada madeira pré-fabricada. Janelas com vidros duplos, aquecedores de água sem tanque e sistemas de ar condicionado de capacidade variável estão incluídos para ajudar na eficiência energética destas casas impressas em 3D.

De acordo com os promotores, já há contratos de compra e venda à vista para as duas casas com dois quartos. Mas as outras duas T4 ainda estão disponíveis. Já o preço de cada uma não foi revelado nos sites dos anunciantes.