Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

“Porno imobiliário”: 78% dos utilizadores sonha com casas de luxo no idealista

Há mais mulheres que homens a fazê-lo e jovens adultos têm menos interesse, mostra estudo do idealista.

Visitar casas de luxo no idealista
Freepik
Autor: Redação

Com que finalidade usas o idealista? Esta foi uma das questões colocadas aos utilizadores da plataforma entre 28 de junho a 12 de julho de 2021. E os resultados estão agora à vista: 78% dos utilizadores confessa que visita o idealista para sonhar com casas de luxo por puro entretenimento, mesmo estando em processo de compra, venda ou arrendamento de uma casa. Este é o chamado “porno imobiliário”.

Este estudo revela que são principalmente os adultos que procuram “porno imobiliário” no idealista, o marketplace imobiliário do sul da Europa. Do total dos inquiridos que confessa fazê-lo, 44% tem entre 36 e 55 anos e 38% mais de 55 anos. Os jovens de até 25 anos representam apenas 4% dos consumidores de “porno imobiliário” e os utilizadores entre os 25 e os 35, representam somente 14% do total.

Quanto ao género, apesar de não haver diferenças expressivas, os resultados mostram que são as mulheres que mais consomem “porno imobiliário” (52% dos inquiridos) em comparação aos homens (47%). Em relação à partilha de conteúdos, 34% reconhece enviar os resultados das pesquisas à sua cara-metade, enquanto 16% afirma pertencer a um ou mais grupos de chat onde partilha este tipo de conteúdos.

O consumo de “porno imobiliário” por parte dos utilizadores é claramente intensivo, visto que apenas 6% dos inquiridos consome uma vez ao mês. A maioria (93%) reconhece fazê-lo pelo menos uma vez por semana e dentro desta existe uma comunidade de 'heavy users': 23% assume que visualiza estes conteúdos uma vez ao dia e 16% confessa que o faz várias vezes por dia.  

A maioria dos portugueses que consomem “porno imobiliário” não tem um tipo de imóvel preferido. Ainda assim, 26% reconhece a sua preferência por moradias localizadas junto à praia, seguido por mansões com piscina (21%), casas de campo com grandes terrenos (19%) e 'penthouses' urbanas (15%).

Casas de sonho no idealista

Também revelaram as suas preferências pelos diferentes espaços da casa, sendo a sala de estar (62%) uma das preferidas dos inquiridos. A segunda zona da casa que desperta mais interesse é a cozinha (61%), seguida pelo jardim (56%), casa de banho (41%) e piscina (34%).

E onde se localizam as casas de sonho visitadas? O distrito de Lisboa concentra a maioria das pesquisas de habitação de luxo por lazer, cerca de 28% dos inquiridos. Seguido pelos distritos do Porto (22%), Faro (13%) e Setúbal (11%). Em sentido contrário, Braga, Santarém e Viana do Castelo despertaram pouco interesse pela “pornografia imobiliária”. Os dados revelam ainda que os habitantes de cada distrito têm uma preferência clara por procurar no mesmo distrito de residência.

Metodologia

Para este estudo, o idealista realizou um total de 496 inquéritos aos utilizadores registados e não registados na plataforma, de 28 de junho a 12 de julho de 2021.