Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Autocaravanas: Turismo de Portugal cria rede nacional inteligente de áreas de serviço

Primeira ASA em território nacional fica localizada em Ponte de Sor - Alentejo e foi inaugurada esta quinta-feira.

Photo by Blake Wisz on Unsplash
Photo by Blake Wisz on Unsplash
Autor: Redação

A moda das autocaravanas já se estava a instalar em Portugal, por influência internacional, e ganhou um novo impulso com a pandemia da Covid-19, que gerou um aumento da procura por este tipo de turismo. Para responder a esta evolução no mercado, o Turismo de Portugal tem em curso um Programa de Ação que prevê, até ao final de 2021, a criação de uma rede nacional inteligente de áreas de serviço para autocaravanas - Life Campers -, com mais e melhor informação disponibilizada aos turistas e um reforço da fiscalização e sancionamento das práticas ilegais.

Nestas áreas de serviço, em funcionamento permanente 24 horas por dia, os autocaravanistas encontram espaços destinados ao estacionamento e pernoite das autocaravanas, que asseguram o fornecimento de energia elétrica, bem como de abastecimento de água e despejo de resíduos sólidos.

Além da cobertura de todo o território nacional, a gestão destes espaços será em rede, através da ligação a uma plataforma eletrónica comum que permite a sua georreferenciação, informação atualizada sobre os serviços disponíveis em cada ASA, monitorização da ocupação e reservas online.

O autocaravanismo, segundo  é um segmento em franco crescimento, em Portugal e na Europa. Cerca de 80% dos autocaravanistas são estrangeiros - na sua maioria alemães, franceses e espanhóis -, reformados e apreciadores da cultura e gastronomia dos destinos que visitam, bem como do comércio local. Preferem viajar nas épocas média e baixa, contribuindo positivamente para o combate à sazonalidade, e têm maior apetência pelas localidades costeiras, nomeadamente, litoral alentejano e algarvio.

Projeto arranca no Alentejo e Ribatejo

A primeira Área de Serviço para Autocaravanas (ASA) em território nacional, localizada em Ponte de Sor - Alentejo, foi inaugurada esta quinta-feira, dia 16 de julho de 2020, pela secretária de Estado do Turismo, marcando o arranque do Programa de Ação que visa a criação das condições e a promoção de um Autocaravanismo sustentável.

O objetivo é o alargamento do projeto a todo o país, com a abertura de novas linhas de apoio do Programa Valorizar e em articulação com as várias Entidades Regionais de Turismo.

O projeto, segundo informa o Turismo de Portugal em comunicado, está a ser iniciado no Alentejo e Ribatejo, em 27 municípios que apresentaram 41 candidaturas ao apoio financeiro no âmbito do Programa Valorizar, para criação ou requalificação de ASA nos respetivos territórios, de forma concertada com a ERT Alentejo que apresentou uma candidatura âncora para o desenvolvimento de ações de divulgação, sensibilização, animação, capacitação, gestão e coordenação da iniciativa na região. Estas 28 candidaturas iniciais representam um investimento global de 3 milhões de euros, e um apoio financeiro aprovado de 2 milhões de euros. 

Em paralelo, indica o organismo público, estão previstas ações de sensibilização dirigidas aos autocaravanistas no sentido de divulgar as boas práticas da modalidade, e também, um reforço da fiscalização e do sancionamento de situações ilegais, tendo sido estabelecidos protocolos de colaboração com a GNR, PSP, Autoridade Marítima Nacional e ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas).

O Turismo de Portugal, em colaboração com a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal e as Associações do setor, desenvolveu também um Guia de Boas Práticas de Sustentabilidade para o Autocaravanismo, e está a implementar boas práticas sanitárias para a prática desta modalidade, alinhadas com as orientações da DGS, com formação às empresas e colaboradores no âmbito da iniciativa Clean & Safe.