Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lar

Preço da botija de gás terá um valor máximo de 23,90 euros

O preço máximo do gás engarrafado (GPL) – as chamadas botijas de gás – vai voltar a ter um valor máximo, anunciou o Governo esta quarta-feira (13 de janeiro de 2021), depois da reunião do Conselho de Ministros. Uma medida que entra em vigor com o novo confinamento geral, que começa esta sexta-feira (15 de janeiro), e que já tinha sido aplicada no primeiro confinamento geral. Uma novidade que consta no Decreto n.º 3-A/2021, já publicado em Diário da República. Uma garrafa de gás butano de 13kg, a mais usada para cozinhar e aquecer a casa, pode custar no máximo 23,90 euros até final do mês de janeiro.

Notícia sobre:

Novo IVA da luz: em que circunstâncias e quando haverá redução do valor na fatura

Soube-se, recentemente, que o IVA da eletricidade vai diminuir, havendo novas regras em vigor no IVA da luz já a partir deste mês de dezembro. Regras essas, no entanto, que não se aplicam a todos os casos. Neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news, explicamos em que circunstâncias e quando haverá essa redução do valor do IVA.

Notícia sobre:

Consumo de água em casa: dicas para ajudar a reduzir a fatura

São muitos os portugueses que, devido à pandemia da Covid-19, foram “forçados” a ficar em casa nos últimos tempos. O lar passou a ser, também, a escola e o escritório, entre muitas outras coisas, claro. O resultado, ou um dos resultados, está à vista: o consumo de água disparou. E a fatura também. Mas há estratégias a ter em conta para ajudar a diminuir o valor a pagar. Contamos-te tudo sobre este assunto no artigo de hoje da Deco Alerta.

Notícia sobre:

Dicas para aquecer a casa no inverno sem gastar uma “fortuna” na fatura da luz

Aquecer a casa ou, pelo menos, torná-la mais confortável é um desafio para muitos portugueses no inverno. As paredes enchem-se de fungos, os tetos de mofo e o frio entra no lar sem pedir licença. Mas é possível aquecer a casa, tornando-a mais confortável, tentando fazer com que a fatura da eletricidade não dispare em flecha. Damos-te algumas dicas neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news.

Notícia sobre:

Europeus nunca importaram tantos equipamentos para fazer exercício físico – a culpa é da pandemia

Muitos europeus foram obrigados a ficar em casa este ano, isolados e/ou em confinamento, devido à crise pandémica. Deixaram de poder, por exemplo, ir ao ginásio. Para muitos a solução foi comprar equipamentos de exercício físico. Dados divulgados recentemente pelo Eurostat permitem concluir que a comercialização destes aparelhos disparou em tempos de Covid-19, sobretudo no verão.

Notícia sobre:

Tarifa social de energia: o que é e quem tem direito a beneficiar de descontos?

Combater a pobreza energética existente em muitas casas de Portugal é um desafio constante, sobretudo quando o frio “chega” e há necessidade de aquecer a casa. Um cenário que ganha força nestes dias, marcados por uma pandemia que teima em não tréguas. Para ajudar a baixar a fatura da luz e do gás algumas famílias podem beneficiar de um desconto, através da tarifa social de energia. Expicamos tudo sobre o assunto neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news.

Notícia sobre:

Casa fria? Dicas para a tornar mais eficiente e confortável e... combater a pobreza energética

A ineficiência energética chega a casa de muitos portugueses, que nesta altura fria do ano, e tendo em conta que passam ainda mais tempo “fechados” no lar devido ao confinamento em vigor em tempos de pandemia da Covid-19, não conseguem aquecer a casa ou torná-la mais confortável. Neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, mostramos como combater a pobreza energética existente em muitas habitações do país.

Notícia sobre:

Como escolher a caldeira certa para ter a casa confortável no inverno?

Ter a temperatura ideal em casa, sem gastar muito e sem contaminar é um desafio. E agora com o inverno, cada vez mais perto, são muitos os portugueses que procuram melhorar o conforto térmico do lar, considerando investir em equipamentos com eficiência energética. Hoje, neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, analisamos o potencial de performance das caldeiras como solução de aquecimento doméstico.

Notícia sobre: