Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lojas

Kinda Home vai abrir em Lisboa, nos terrenos da antiga fábrica Cabos d’Ávila

Depois de abrir portas no Porto, no final de novembro, a marca de decoração e mobiliário Kinda Home vai ter também um espaço em Lisboa, uma expansão da marca que já estava prevista. A loja vai nascer nos terrenos da antiga fábrica de cabos elétricos Diogo d’Ávila, na “reta dos Cabos d’Ávila”, em Alfragide. 

Notícia sobre:

Parque das Nações recebe 19ª loja da Starbucks em Portugal

A cadeia americana Starbucks soma e segue em Portugal, tendo aberto este mês mais uma loja no país: a 19ª a nível nacional e a 12ª na região de Lisboa. Trata-se de um espaço com cerca de 160 metros quadrados (m2) que está localizado na Alameda dos Oceanos, no Parque das Nações, no edifício Smart.

Notícia sobre:

Kinda Home abre portas no Porto: “Temos uma identidade e valores próprios”

A Kinda Home, marca de mobiliário e decoração detida pela Nuvi, um grupo empresarial familiar português com mais de 50 anos de história, abriu esta terça-feira (27 de novembro de 2018), no Porto, a primeira loja em Portugal. É a primeira de um total de quatro previstas, numa primeira fase, para o mercado nacional.

Kinda Home
Notícia sobre:

Brico Depôt vai fechar lojas de Loures, Gaia e Sintra e sair de Portugal

Portugal, Espanha e Rússia deixaram de ser mercados estratégicos para a Brico Depôt que decidiu assim sair destes países, para se focar noutros. Na Península Ibérica, a empresa de bricolage e decoração conta com 31 lojas abertas e com um total de 1700 trabalhadores. Em Portugal, a decisão implicará o fecho dos espaços comerciais da marca em Loures, Gaia e Sintra.

Notícia sobre:

Kinda Home abre as portas em novembro no Porto

A primeira loja da Kinda Home em Portugal já foi edificada. A marca de mobiliário e decoração do Grupo Nuvi - controlado pelo empresário português Luís Vicente - vai abrir as portas do seu primeiro espaço comercial em Portugal no próximo dia 27 de novembro de 2018, na Rotunda dos Produtos Estrela, na Estrada da Circunvalação. E já há planos para inaugurar outra loja em Lisboa.

Notícia sobre:

Chiado continua a ser 33ª zona comercial mais cara do mundo

O Chiado, no coração de Lisboa, é pelo segundo ano consecutivo a localização mais cara de Portugal – e a 33ª a nível mundial – para o comércio de rua. A renda prime na Rua Garret, eixo de referência no Chiado, valorizou 44% desde 2013, estando agora avaliada em 1.560 euros por metro quadrado (m2) por ano. A zona de Causeway Bay, em Hong Kong é a zona de comércio de rua mais cara do mundo.

Notícia sobre:

Incus Capital compra sete imóveis Industriais e de Logística (são 74.000 m2) em Portugal

A Incus Capital comprou um portefólio composto por sete imóveis Industriais e de Logística situados em vários locais de Portugal Continental e na ilha da Madeira que totalizam 74.000 metros quadrados (m2). O portefólio em causa era anteriormente detido pelo Fundo Logística e Distribuição.

Notícia sobre:

Mercadona reforça investimento em Portugal: 100 milhões para abrir 10 lojas

A Mercadona decidiu elevar a fasquia e investir um total de 100 milhões de euros no arranque da expansão em Portugal. A retalhista alimentar espanhola, líder destacada de mercado no país vizinho, vai avançar com a abertura de oito a dez supermercados no segundo semestre de 2019, nos distritos do Porto, Braga e Aveiro.

Notícia sobre:

Jamie Oliver usa poupanças de 14 milhões para salvar império de restaurantes da falência

A famosa cadeia de restaurantes do “chef” britânico Jamie Oliver – “Jamie’s Italian” – esteve em “maus-lençóis”. No ano passado, o cozinheiro teve de tirar 14 milhões de euros do seu bolso para salvar a cadeia de restaurantes italianos, que esteve prestes a abrir falência.

Notícia sobre:

“Batista Russo” em obras para acolher Decathlon em versão megastore

O edifício das antigas oficinas “Francisco Baptista Russo & Irmão” foi o local escolhido pela Decathlon para abrir uma megastore na zona oriental de Lisboa. O prédio está agora em pleno processo de remodelação e ampliação, a cargo da construtora DST. A cadeia francesa de artigos de desporto prevê inaugurar o novo espaço no último trimestre do ano.

Notícia sobre: