Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lojas

Gtres

Fim do negócio em tempos de pandemia: o trespasse é uma (boa) solução?

Com a pandemia da Covid-19 a não dar sinal de tréguas, nomeadamente na Área Metropolitana de Lisboa, muitos têm sido os negócios a fechar portas, por falta de capacidade económica para continuar a aguentar a redução da procura. Qual será, nestes casos, a melhor opção? O trespasse pode ser a luz ao fundo do túnel? Explicamos tudo sobre este modelo de negócio, com fundamento jurídico.

Notícia sobre:

Novo dono do Dolce Vita Ovar investe 2 milhões para renovar centro comercial

A White Sand Capital, ligada ao magnata africano Nathan Kirsh, e agora proprietária do falido Dolce Vita Ovar - adquiriu o ativo em março deste ano - vai investir cerca de 2 milhões de euros na reabilitação deste centro comercial localizado em Aveiro. O objetivo passa por criar um novo conceito, focado na vertente “vida lifestyle”, que irá incluir um rebranding do próprio espaço.

Notícia sobre:

Suspensão das rendas fixas nos centros comerciais é uma “lei cega e discriminatória”- diz a APCC

O Parlamento aprovou a suspensão da renda fixa nos centros comerciais até 31 de março de 2020, mas a medida não foi bem recebida por várias vozes do setor imobiliário. A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) acusa o Parlamento de ter permitido uma “inaceitável e gravosa ingerência do Estado na relação entre privados” ao promover uma “lei cega e discriminatória”. A posição é, de resto, partilhada pela Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII).

Notícia sobre:

ACAI contra interferência do Estado na relação contratual entre lojistas e proprietários

A Associação de Empresas de Consultoria e Avaliação Imobiliária (ACAI) considera que a iniciativa legislativa apresentada pelo PCP, que prevê a intromissão do Estado na relação contratual entre lojistas e proprietários de centros comerciais, pode pôr em risco a reputação de Portugal como país seguro para investir. A ACAI defende que a medida “criaria um precedente gravíssimo”.

Notícia sobre:

Almada Fórum: Merlin aceita dar descontos nas rendas mas exige contratos mais longos

A dona do Almada Fórum, a Merlin Properties, propôs aos lojistas um acordo que dá desconto nas rendas, mas impõe várias condições, nomeadamente o prolongamento automático dos contratos. A proposta prevê um perdão total das rendas de abril e maio, um desconto de 60% nas de junho, e um programa de outros descontos o resto do ano. Ainda assim, o perdão só é automático para os contratos que ainda estejam em vigor depois de 31 de dezembro do próximo ano.

Notícia sobre:

Centros comerciais da Grande Lisboa reabrem na segunda-feira - e outras novidades

Os centros comerciais da Área Metropolitana de Lisboa, à semelhança do resto do país, vão poder abrir as portas ao público a partir de 15 de junho de 2020. Também as Lojas do Cidadão têm agora luz verde do Governo para fazer atendimento presencial, a partir da segunda-feira que vem. A decisão de colocar de acabar com as restrições ao desconfinamento foi tomada esta terça-feira, dia 09 de junho de 2020, em Conselho de Ministros (CM).

Notícia sobre: