Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Habitação

Alojamento local: Governo faz “levantamento” para perceber que ajustes pode fazer à lei

O Governo está a fazer o “levantamento das questões que existem sobre o Alojamento Local (AL)” junto das autarquias e associações de forma a perceber que alterações podem ser feitas ao regime. A garantia foi dada pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Notícia sobre:

AIMI não prejudica turismo residencial

A secretária de Estado do Turismo considera que o novo Adicional ao IMI (AIMI) não penaliza o investimento em turismo residencial. Segundo Ana Mendes Godinho, o novo imposto foi objeto de estudo por parte do Governo, de forma a não prejudicar e penalizar os investimentos realizados pelos estrangeiros que procuram Portugal no âmbito do turismo residencial.

Notícia sobre:

Segurança Social perde quase 4 milhões de euros a tentar fazer de imobiliária

A Segurança Social (SS) tem vindo a tentar fazer do imobiliário uma fonte de receita adicional, de forma a tirar partido dos imóveis que recebe nos processos de regularização de dívidas. Mas os objetivos estão longe dos que tinha traçado, tendo registado neste negócio uma perda à volta de 4 milhões de euros em 2015, segundo revela o Tribunal de Contas (TdC).

Notícia sobre:

Porto celebra 20 anos como património mundial esta semana, com vários desafios pela frente

O Porto está esta semana de parabéns. A cidade do Norte de Portugal celebrou na segunda-feira passada os 20 anos da classificação do seu centro histórico como Património Mundial da UNESCO. A Invicta vive um forte movimento de regeneração urbana - fomentado pelo apetite de investidores e do turismo - e conciliar os interesses privados com a manutenção do património é o grande desafio do momento.

Notícia sobre:

Bancos multados em mais de um milhão de euros por casas vazias em Barcelona

A Câmara de Barcelona decidiu aplicar uma multa total de 1.260.000 euros ao Santander, BBVA e Sareb - Sociedade de Gestão de Ativos Provenientes da Reestruturação Bancária (Sareb) por terem nos seus balanços casas desocupadas há mais de dois anos. Ao abrigo da Lei do Direito à Habitação catalã, de 2007, o 'ayuntamiento' de Ada Colau vai cobrar 315 mil euros por cada apartamento que não está a ser usado, num momento em que a escassez de casas é um dos problemas mais críticos da cidade espanhola.

Notícia sobre:

Quase 3 mil jovens ganham novos apoios ao arrendamento

Um novo conjunto de 2.833 jovens vai contar com ajudas para pagar a renda da casa. Estes apoios ao arrendamento jovem surgem no âmbito da última fase do Programa Porta 65-Jovem. Segundo informação divulgada pelo Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), entre 20 de setembro e 12 de outubro, foram aprovadas 1.896 candidaturas, num total de 2.833 jovens que irão receber subvenção.

Notícia sobre:

Alojamento local: 40% das casas não estão registadas

As mudanças legislativas relacionadas com o Alojamento Local (AL) entraram em vigor há dois anos, havendo diferentes perspetivas sobre esta nova realidade. Segundo a Associação da Hotelaria de Portugal (AHT), 40% dos imóveis não estão registados, sendo que desde 2014 nasceram 24 mil AL no país, para um total de quase 35 mil. Um estudo revela, entretanto, que há quem tenha 300 imóveis só para receber turistas.

Notícia sobre:

Há quase quatro mil edifícios devolutos em Lisboa

Há 3.878 edifícios devolutos em Lisboa, um número demasiado alto para uma cidade com falta de casas para arrendar a preços acessíveis e com problemas de tráfego. Um pouco por toda a cidade, há prédios a cair e imóveis em maior ou menor estado de degradação.

Notícia sobre:

Queda dos vistos gold trava valorização das casas na capital

O desinteresse dos grandes clientes dos vistos gold pelo imobiliário de Lisboa começa a refletir-se nos preços das casas de luxo. De uma valorização na ordem dos 46% entre o período acumulado de 2013 até ao segundo trimestre de 2015 passou-se para uns modestos 11% entre o início do terceiro trimestre de 2015 e o final do segundo trimestre deste ano.

Notícia sobre:

Comprar uma casa para arrendar ou investir num PPR, o que é mais rentável?

Investir no setor imobiliário para arrendar ou num Plano Poupança-Reforma (PPR)? O que é, afinal mais rentável? Esta é uma pergunta de resposta difícil, sendo que a grande conclusão a reter é a de que nenhum dos investimentos se destaca em relação ao outro. Ou seja, convém analisar bem cada um dos casos.

Notícia sobre: