Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Empresas

Imobiliário de luxo ao rubro: Sotheby’s ultrapassa os 300 milhões em vendas

A Portugal Sotheby's International Realty vai ultrapassar a barreira dos 300 milhões de euros em valor de vendas este ano, o equivalente à venda de 300 propriedades de luxo, segundo o diretor-geral da imobiliária, Miguel Poisson. O responsável considera que "o imobiliário é o setor mais atrativo para investir", afirmando que Portugal "vai ter tendência a impor-se cada vez mais no panorama internacional”.

Notícia sobre:

Como se relacionam as diferentes gerações com o imobiliário?

As diferenças entre gerações importam na forma como se trabalha no imobiliário? Não muito. Independentemente da idade, os clientes precisam de serem orientados no negócio. Ainda assim, há uma diferença interessante: em vez de comprarem casa, um número significativo de Millennials opta por arrendar, numa proporção que não se regista nas restantes gerações.

Gtres
Notícia sobre:

MSF Engenharia pede insolvência após “esgotadas todas a vias”

A MSF Engenharia apresentou um pedido de insolvência após terem sido “esgotadas todas as vias para evitar este desfecho”. A construtora afirma não conseguir assegurar recursos financeiros “para fazer face às despesas da sua atividade, em particular os salários vencidos”.

Notícia sobre:

Sonae MC vende cinco imóveis por 55 milhões onde fica como inquilina

A Sonae MC, subsidiária da Sonae, vendeu cinco ativos imobiliários dedicados ao retalho alimentar no valor de 55 milhões de euros. Trata-se de uma operação de “sale and leaseback”, uma vez que a empresa permanecerá como inquilina daqueles espaços, segundo o comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Notícia sobre:

Imocionate iTec 2018: maior evento global da mediação imobiliária realiza-se hoje em Lisboa

O Centro de Congressos de Lisboa recebe esta quinta-feira a segunda edição do Imocionate iTec, o maior evento global da mediação imobiliária em Portugal. A fasquia está elevada, depois do sucesso obtido no ano passado, com o evento a ter superado as expectativas.

Notícia sobre:

ERA lança programa de parceria para construtores e promotores imobiliários

A ERA lançou recentemente o Obra Nova ERA, um programa de parceira inovador destinado a construtores e promotores imobiliários nacionais. A iniciativa “permitirá identificar as melhores oportunidades de construção, contribuindo para um crescimento mais rápido dos negócios”, explica a imobiliária.

Notícia sobre:

Grupo Libertas lança primeiro condomínio privado de luxo em Faro

O grupo imobiliário Libertas lançou recentemente o empreendimento Lux Garden–Alta de Faro, o primeiro condomínio privado de luxo em Faro, no Algarve. Trata-se de um complexo residencial com apartamentos com tipologias entre T2 e T4 que vai nascer na zona da Lejana, junto à Estrada da Senhora da Saúde, que o grupo imobiliário quer tornar conhecida como Alta de Faro.

Notícia sobre:

Remax volta a ser distinguida como Superbrand

A Remax Portugal foi distinguida como Superbrand na 14ª edição deste prémio, que anualmente reconhece as marcas de excelência escolhidas pelos consumidores. É a 11ª vez que e imobiliária é eleita pelos portugueses, sendo que a eleição é baseada em dois critérios: um inquérito direto ao consumidor e uma avaliação por parte do Conselho Superbrands.

Notícia sobre:

Presidente do Benfica obrigado a prestar contas por negócio imobiliário

Luís Filipe Vieira foi notificado pela Conservatória do Registo Comercial de Loures para apresentar as contas da Promovalor, a empresa de negócios imobiliários que o presidente do Benfica detém a título pessoal. A sociedade, com um buraco de 162 milhões de euros, está há dois anos sem resultados publicados e tem agora um mês para resolver a situação.

Notícia sobre:

BCP absorve duas imobiliárias onde já injetou mais de 40 milhões

A Enerparcela e a Sadamora estão em vias de ser absorvidas pelo BCP. As duas empresas gestoras de imóveis chegaram ao banco, em 2013, integradas em fundos imobiliários que foram parar ao banco como forma de recuperação de créditos e já consumiram mais de 40 milhões de euros. 

Notícia sobre: