Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Escritórios

Escritórios, hotéis e residências para estudantes na mira dos investidores europeus

O segmento de escritórios na Europa, nomeadamente o desenvolvimento de projetos de raiz e/ou reabilitação de edifícios, continua a “oferecer” oportunidades de investimento interessantes, tanto para investidores com um perfil “core” como para investidores com um perfil “value-add” na Europa. E Lisboa e Porto estão no radar destes investidores.

Notícia sobre:

Suíça AdNovum muda-se para um escritório maior em Lisboa

A empresa de origem suíça AdNovum, que se encontra em Portugal há cerca de um ano - desenvolve soluções de software e segurança -, arrendou um escritório de cerca de 650 m2 em Lisboa, no edifício Campo Grande 378, junto ao museu Bordalo Pinheiro e à Universidade Lusófona.

Notícia sobre:

Antigo Tribunal do Trabalho de Lisboa convertido num centro criativo e de coworking

O local onde durante vários anos funcionou o Tribunal do Trabalho de Lisboa, na zona dos Anjos, vai dar lugar ao terceiro centro criativo LACS -  Lisbon Art Center & Studios. Trata-se de uma rede de espaços de coworking e escritórios pensados para empresas criativas, com estúdios e salas onde é possível cruzar startups em fase de incubação ou aceleração com pequenas, médias e grandes empresas.

Notícia sobre:

Vai nascer uma nova torre no Parque das Nações: a K-Tower

Vai nascer no Parque das Nações, junto à Gare do Oriente, um novo edifício de escritórios. O K-Tower terá 13 pisos e mais de 15.000 metros quadrados (m2) de Área de Construção acima do solo. As obras devem arrancar no verão de 2019 e prevê-se que estejam concluídas no primeiro semestre de 2021.

Notícia sobre:

O maior negócio de escritórios de 2018: Infinera muda-se para a antiga sede da Efacec

A Infinera (ex-Coriant), um dos principais fornecedores de equipamentos e soluções de redes óticas a nível mundial, protagonizou o maior negócio de escritórios do ano, ocupando a totalidade da antiga sede da Efacec: são 8.487 metros quadrados (m2). O imóvel em causa, agora designado Office Parque de Carnaxide, estava devoluto, encontrando-se em fase final de obras.

Notícia sobre:

Há um edifício de escritórios e armazéns à procura de dono em Lisboa: tem 5.621 m2...

Chama-se Alfa e dispõe de 5.621 metros quadrados (m2) distribuídos por quatro pisos acima do solo e um piso de estacionamento privativo, em cave. Trata-se de um edifício de uso misto (escritórios e armazéns) parcialmente devoluto que está localizado em Carnaxide, Lisboa, e que está no mercado à procura de novo dono.

Notícia sobre:

Os maiores inquilinos no mercado de escritórios do Grande Porto são...

Depois de de estar “adormecido” durante vários anos, o mercado imobiliário do Porto está a renascer, nomeadamente o segmento de escritórios – só este ano terão sido construídos ou reabilitados 38.200 metros quadrados (m2) de espaços para escritórios, uma tendência que se deverá manter em 2019.

Notícia sobre:

Finangeste muda-se para o renovado Barata Salgueiro 37

A Finangeste, empresa especializada na gestão, recuperação de créditos e gestão imobiliária, tem novos escritórios, ocupando agora parte do 6º piso e a totalidade do 7º piso do edifício Barata Salgueiro 37, em Lisboa, num total de 550 metros quadrados (m2).

Notícia sobre:

Mercado de escritórios de Lisboa em máximos de 2009

O mercado de arrendamento de escritórios em Lisboa está ao rubro: nos primeiros dez meses do ano, de janeiro a outubro de 2018, a área contratada na capital situou-se nos 166.152 metros quadrados (m2), um valor 33% superior face ao registado em igual período do ano passado (125.304 m2). É preciso recuar até 2009 para encontrar um valor tão elevado.

Notícia sobre:

Campus da Nova SBE dá nova vida ao imobiliário residencial e comercial de Carcavelos

A zona de Carcavelos, em Lisboa, está à crescer, em termos imobiliários, à boleia do novo campus da Nova SBE, que está a atrair milhares de estudantes. A localidade vai receber mais um parque empresarial, o Alagoa Office & Retail Center, e a procura residencial disparou, bem como os preços a que são vendidas e arrendadas casas. 

Notícia sobre: