Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investimentos

ODEON Properties: a paixão pelos edifícios de Lisboa

São jovens, visionários e apaixonados pela arte, arquitetura e design. Procuram projetos imobiliários únicos em localizações de prestígio. Depois do sucesso do Ferragial 29 e do Flores 45, em Lisboa, a ODEON Properties revela ao idealista/news que vai arrancar em setembro com o icónico edifício Odeon. Na calha estão ainda os empreendimentos Campo de Ourique Villas e Alcântara Exclusive Apartments.

Assim será a fachada do icónico edifício Odeon, que terá dez apartamentos de luxo / ODEON Properties
Notícia sobre:

Investimento institucional em imobiliário atinge quase 2.000 milhões no primeiro semestre

Os números não deixam margem para dúvidas: o imobiliário continua atrativo para os investidores. O investimento institucional no setor português aumentou 56% até julho face a igual período de 2017, tendo havido 30 operações que movimentaram 1.900 milhões de euros.

Notícia sobre:

Novo processo de venda da Herdade da Comporta será assessorado pela Deloitte

O novo processo de venda das duas Áreas de Desenvolvimento Turístico (ADT) da herdade da Comporta que se encontram sobre gestão da Gesfimo – Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado será assessorado pela Deloitte Consultores. As condições desta alienação devem ser conhecidas na próxima semana.

Notícia sobre:

Lisboa: Dionísio Pestana compra edifício na Avenida Casal Ribeiro por 12,6 milhões

Dionísio Pestana e um grupo de sócios compraram um edifício detido pelo Fundo de Pensões do Santander Totta na Avenida Casal Ribeiro, em Lisboa, por 12,6 milhões de euros. No local deverá nascer um projeto imobiliário, sendo que a mudança de proprietário está a levar à saída da loja dos CTT e da Beta-i do espaço, um processo que deverá ficar concluído até outubro. 

Notícia sobre:

Venda da Herdade da Comporta (outra vez) em risco

O negócio da venda da Herdade da Comporta está longe de terminar – a última tentativa ficou fechada sem sucesso. E agora porque os donos e candidatos não se entendem. Os proprietários dizem que só lançarão um novo processo de venda se todos os concorrentes do último processo – são três – abdicarem do direito de contestação, mas já há um candidato a rejeitar esta condição.

Notícia sobre:

Edifício Duque de Loulé 79 vendido: Cristiano Ronaldo viveu aqui (na Residencial Dom José)

A residencial Dom José, que durante anos esteve de portas abertas no terceiro andar do edifício Duque de Loulé 79, em Lisboa, teve um hóspede muito especial. Foi ali que Cristiano Ronaldo viveu quando tinha 16 anos. Estávamos em 2001. A pensão não existe desde junho de 2017, mês em que o imóvel foi vendido, revela ao idealista/news a consultora imobiliária JLL, responsável pela transação.

Notícia sobre:

JLL transaciona 1.500 milhões de euros em imóveis nos primeiros sete meses de 2018

A consultora imobiliária JLL transacionou um volume global de 1.500 milhões de euros em imóveis nos primeiros sete meses do ano, um montante que engloba a transação de edifícios de rendimento, terrenos e projetos para promoção imobiliária, bem como a venda de unidades residenciais. 

Notícia sobre:

Lisboa: antiga fábrica da Nestlé (em Monsanto) vai “renascer” como residência para idosos

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa vai reabilitar a antiga fábrica dos gelados, em Monsanto – onde se fizeram os gelados da Nestlé –, e transformá-la numa unidade residencial com centro de dia e de atividade física para seniores. Investimento é de de cerca de quatro milhões.

Notícia sobre:

Governo da Madeira coloca à venda oito prédios por 2,5 milhões de euros

Com um valor base total de licitação de 2,5 milhões de euros, a Direção Regional do Património e de Gestão dos Serviços Partilhados da Madeira vai colocar à venda, em hasta pública, um conjunto de oito imóveis. Cinco dos prédios estão localizados no Funchal, dois em Porto Santo e um em Manchico. A decisão foi tomada esta quinta-feira pelo Governo regional, dentro do objetivo de chegar ao final do ano com um encaixe de 20 milhões de euros através da alienação de património imobiliário do Estado local.

Notícia sobre: