Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Economia

OE2020: partidos fazem quase 1300 propostas de alteração

Tudo indica que a versão final do Orçamento do Estado para este ano (OE2020) vai ser, substancialmente, diferente do que tinha definido o Executivo socialista de António Costa. Isto se forem aprovadas as 1296 propostas de alteração - um valor recorde face às cerca de mil do ano passado - apresentadas pelos partidos no Parlamento. Terminado este prazo, continua agora a discussão do OE2020 na especialidade.   

Notícia sobre:

Residentes Não Habituais: reformados estrangeiros passam a pagar 10% de IRS

Além de querer acabar com a concessão de vistos gold em Lisboa e no Porto, o PS pretende mudar o regime fiscal para os Residentes Não Habituais (RNH), aplicando uma taxa de IRS de 10% sobre os rendimentos de pensões estrangeiras auferidas por estes cidadãos. Em causa está uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) apresentada esta segunda-feira (27 de janeiro de 2020) pelos socialistas.

Notícia sobre:

Economia mundial em alerta: FMI corta nas previsões de crescimento do PIB até 2021

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou que a taxa de crescimento do PIB mundial desceu em 2019 para 2,9%, um mínimo desde a Grande Recessão de 2009. Para os dois anos seguintes (2020 e 2021), a aceleração vai ser fraca. 

Notícia sobre:

Taxa de IVA em função do consumo pode pôr em causa justiça social, diz Mexia

O Governo quer que a taxa de IVA aplicada à eletricidade possa variar consoante escalões de consumo, tendo enviado uma carta à presidente da CE nesse sentido. Por cá, as opiniões dividem-se. O CEO da EDP, António Mexia, não está seguro sobre a eficácia deste modelo e defende que há formas mais diretas de combater a pobreza energética.

Notícia sobre:

A fonte do Luanda Leaks tem voz portuguesa: Rui Pinto é o denunciante

Rui Pinto, o ‘whistleblower’ (denunciante) dos Football Leaks, é também a fonte por detrás dos Luanda Leaks. Foi o hacker informático português que entregou ao Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ) os mais de 715 mil documentos que ficaram conhecidos como Luanda Leaks, que tinham como foco principal os esquemas financeiros que possibilitaram vários negócios de Isabel dos Santos.

Notícia sobre:

As 10 cidades mundiais que mais crescem em população desde 2015 são...

Três das 10 áreas urbanas que mais crescem em termos de população no mundo estão localizadas na Índia e outras três na China. Malappuram, na Índia, lidera a lista, tendo em 2020 mais 44,1% de pessoas que em 2015.

Notícia sobre:

Portugal (muito) perto de atingir metas de renováveis para 2020

Cerca de 18% do total de energia consumida na União Europeia, em 2018, veio de fontes de energia renováveis, segundo os dados recentes do Eurostat – acima dos 17,5% em 2017 e mais do dobro que em 2004, onde apenas 8,5% da energia era proveniente destas fontes. Portugal está muito perto de alcançar a meta fixada para 2020, mas ficou atrás do objetivo por um ponto percentual.  

Notícia sobre:

OE2020: já chegaram ao Parlamento 595 propostas de alteração – prazo termina segunda-feira

Já deram entrada no Parlamento 595 propostas de alteração de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) desde que abriu a fase em que os partidos podem tentar mudar a proposta de lei do Governo. O prazo final para entrada de propostas termina segunda-feira (27 de janeiro de 2020), às 18 horas, sendo que em anos anteriores algumas propostas foram entregues “fora de prazo”. 

Notícia sobre:

Estas são as cidades mais caras do mundo para se ter uma vida de luxo

A cidade mais cara do mundo para se ter uma vida de luxo é Hong Kong, onde comprar carros de luxo, ir a restaurantes sofisticados ou contratar um advogado pode custar uma pequena fortuna. Seguem-se no ranking Shangai (China) e Tóquio (Japão), que ocupam o segundo e terceiro lugares, respetivamente. 

Notícia sobre:

Portugal já é um “país totalmente democrático”, diz a The Economist

Portugal, que vive em liberdade desde 1974, passou finalmente agora da categoria “democracia com falhas” para um “país totalmente democrático”, segundo o Índice de Democracia elaborado anualmente pela revista The Economist. O país conseguiu uma pontuação global de 8.03 (em 10), situando-se na posição 22 na classificação geral e 15 na classificação regional.

Notícia sobre: