Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fiscalidade

Casa sem água nem luz era sede de empresa de ouro em Portugal que faturou 16 milhões

Uma pequena casa no concelho de Mira, sem água nem eletricidade há duas décadas, serviu como sede da Pérolas em Movimento, uma empresa de compra e venda de ouro que faturou 16 milhões de euros a outra entidade, a Goldropa, recentemente acusada pelo Ministério Público por fraude fiscal.

Notícia sobre:

Casas de inspetores-chefes das Finanças investigadas por suspeitas de corrupção

Crimes de corrupção passiva, peculato e abuso de poder. Estas são as suspeitas que recaem sobre o inspetor-geral de Finanças (IGF), Vítor Braz, e a subinspetora-geral Isabel Castelão Silva, por parte das autoridades. No âmbito da investigação em curso, as casas e os gabinetes dos dois altos dirigentes da IGF foram alvo de buscas esta terça-feira, por parte da Polícia Judiciária e do Ministério Público, que até esse dia não constituiu nenhum dos responsáveis como arguidos.

Notícia sobre:

Durante quanto tempo é preciso guardar faturas?

Há dois tipos de pessoas: as que guardam todos os papéis e mais alguns e as que não se inibem de deitar fora todos os comprovativos de pagamento. Mas, afinal, durante quanto tempo é preciso guardar faturas? Explicamos-te tudo.  

Notícia sobre:

Guia para gerir o orçamento familiar e evitar dívidas

O orçamento familiar é a melhor ferramenta para organizar, gerir e manter uma rotina de gestão financeira. E, claro, evitar situações graves de incumprimento. O ideal será garantir o equilíbrio entre as despesas fixas e variáveis, salvaguardando sempre os imprevistos. Deixamos-te algumas dicas sobre o que deves e o que não deves fazer.

Notícia sobre:

Vender uma casa e comprar outra: como se calcula a mais-valia?

No artigo de hoje da rubrica semanal Deco Alerta, destinada aos consumidores em Portugal e assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, explicamos-te como se calcula este imposto que terás de pagar e comunicar às Finanças sempre que realizas uma transação imobiliária com lucro.

Notícia sobre:

Subsídio de Natal: Dicas para (bem) aplicar o dinheiro

E eis que é o mês de receber o tão aguardado subsídio de Natal, um rendimento “extra” que vem dar folga ao orçamento familiar. A maioria dos portugueses utiliza este montante para fazer compras ou até mesmo liquidar despesas anuais, como o IMI, por exemplo. Mas existem outras soluções para aplicar e fazer render o dinheiro do subsídio. Toma nota destas dicas.

Notícia sobre:

Faturas em papel vão acabar já em janeiro

A partir de 1 janeiro do próximo ano os comerciantes vão deixar de estar obrigados a entregar faturas em papel aos clientes - a menos que sejam pedidas -, se tiverem um programa informático certificado e transmitirem as faturas em tempo real ao Fisco.

Notícia sobre:

Calendário fiscal: estes são os impostos que é preciso pagar até ao final do ano

Dezembro é o mês das festas e da azáfama das compras de Natal. Mas é também o último mês do ano em que é preciso liquidar impostos. E para que nada falhe, deixamos-te com as últimas datas marcadas no Calendário Fiscal 2018 da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT). Toma nota das obrigações fiscais e evita problemas de “última hora”.

Notícia sobre:

Carga fiscal aumentou em Portugal, mas continua abaixo da média europeia

A carga fiscal em Portugal aumentou no ano passado, atingindo 36,9% do PIB, segundo dados divulgados pelo Eurostat. Apesar da subida, a carga tributária em território nacional continua abaixo da média europeia: o peso dos impostos chega aos 40,2% do PIB na União Europeia (UE) e aos 41,4% na Zona Euro.

Notícia sobre:

... E fim da isenção de IMT para fundos de investimento imobiliário

No âmbito da votação na especialidade do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), foi aprovada no Parlamento esta terça-feira (27 de novembro de 2018) a revogação de um conjunto de normas para garantir que os fundos de investimento imobiliário (FII) perdem a isenção do Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e passam a pagar imposto sempre que compram um prédio para as suas carteiras. 

Notícia sobre: