Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mercado laboral

Portugal tem mais 20% de doutorados que em 2015

O número de doutorados residentes em Portugal disparou nos últimos cinco anos, tendo crescido 20% entre 2015 e 2020, ano marcado pelo súbito aparecimento da pandemia da Covid-19. E mais: durante o mesmo período, o número de doutorados a trabalhar em empresas do setor privado aumentou 38%.

Notícia sobre:

Número de horas trabalhadas: Portugal tem a terceira maior queda na UE

O número de horas de trabalho efetivo no emprego principal diminuiu 12% na União Europeia (UE) num ano, em 2020 face a 2019, devido a medidas como esquemas de desemprego temporário. Portugal registou a terceira maior queda, juntamente com Itália: a redução foi de 19% nos dois países. Em causa estão dados divulgados recentemente pelo Eurostat.

Notícia sobre:

As 10 profissões mais bem pagas em Portugal são…

Estás a pensar trocar de trabalho ou à procura do primeiro emprego? Fica a saber, então, quais são as profissões mais bem pagas em Portugal. A liderar a lista está a função de diretor-geral na área da saúde: estes profissionais recebem entre 120.000 e 150.000 euros brutos por ano, ou seja, entre 8.571 e 10.714 euros por mês.

Notícia sobre:

Salário mínimo em Portugal aumenta 4,6% – a 7ª maior subida da Europa

O salário mínimo nacional em Portugal aumentou de 741 para 776 euros por mês num ano, de 2020 para 2021. É a 7ª maior subida (4,6%) entre um conjunto de 22 países da UE.

Notícia sobre:

Teletrabalho obrigatório? Até 14 de junho, depois depende da Covid-19

A partir de dia 14 de junho, o teletrabalho vai deixar de ser obrigatório em todos os concelhos de Portugal continental, passando a ser apenas recomendado. Nesse dia entram em vigor as regras que constam no Decreto-Lei n.º 79-A/2020 e que definem que o teletrabalho passa a ser obrigatório apenas nos concelhos onde o número de casos de infeção da Covid-19 é superior aos limites estabelecidos.

Notícia sobre:

Maioria dos portugueses em teletrabalho quer continuar neste regime, diz estudo

O teletrabalho passou a fazer parte da vida de muitos portugueses em março do ano passado, quando foi declarada a pandemia da Covid-19. E agora, um ano depois, a maioria dos portugueses que está a trabalhar a partir de casa assim quer continuar. Esta é uma das conclusões a retirar do estudo levado a cabo pelo Observatório da Sociedade Portuguesa, da Universidade Católica em Lisboa, que foi divulgado esta segunda-feira (dia 31 de maio de 2021).

Notícia sobre: