Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação

Juros do crédito à habitação caem pelo quinto mês consecutivo

Os juros do crédito à habitação continuam a baixar. No último mês de 2019, a taxa de juro implícita do conjunto dos créditos fixou-se em 1,011%, uma descida face aos 1,017% registados em novembro. No acumulado do ano, a taxa de juro média registada aumentou para 1,06%, um valor superior ao valor verificado ano anterior.

Notícia sobre:

Empréstimos para a compra de casa voltam a acelerar

No verão de 2018, o Banco de Portugal meteu um "travão" na concessão de crédito à habitação, por motivos prudenciais quanto à saúde financeira das famílias e do país. Mas os bancos decidiram, outra vez, meter "prego a fundo" neste negócio e, há três meses consecutivos que emprestam mais de 900 milhões de euros para esta finalidade. Em novembro passado chegaram aos 956 milhões de euros.

Notícia sobre:

Cartel da banca no crédito à habitação descoberto a partir de um email da CGD

Foi com base num email interno da CGD, contendo dados relativos a créditos à habitação do BCP, Santander, BES, BPI e Montepio, que a Autoridade da Concorrência “descobriu” que havia um cartel da banca. O inquérito levado a cabo pela entidade terminou com a condenação a 14 bancos ao pagamento de uma coima global de 225 milhões de euros.

Notícia sobre:

Guerra de spreads já arrancou este ano: Eurobic corta margem para 1,1% nos empréstimos da casa

Desde 2015 que os bancos em Portugal têm vindo a degladiar-se no mercado do crédito à habitação, oferecendo spreads mais competitivos. Cada vez há mais instituições financeiras com margens mínimas próximas ou iguais a 1% nos empréstimos para a compra de casa e agora foi a vez de o Eurobic atualizar o preçário, com uma revisão em baixa, de 1,2% para 1,1%.

Notícia sobre:

Prestação da casa desce em janeiro para a Euribor a 6 meses

O ano arranca com boas notícias para quem pediu dinheiro emprestado ao banco para comprar casa. A prestação paga pelos clientes com crédito à habitação indexado à taxa Euribor a seis meses,  a mais usada em Portugal, desceu novamente em janeiro, face à última revisão.

Notícia sobre:
Gtres

Avaliação bancária de casas (já) está nos 1.312 euros por m2, um novo máximo

O valor pelo qual os bancos avaliam as casas para efeitos de concessão de crédito à habitação está a subir desde abril de 2016. Em novembro, o valor médio do metro quadrado (m2) fixou-se nos 1.312 euros, mais 8 euros (0,6%) que no mês anterior e mais 97 euros (8%) que no período homólogo. É o valor mais alto desde que o INE tem dados – janeiro de 2011.  

Notícia sobre:
mohamed Hassan/Pixabay

Bancos, os “melhores amigos” dos portugueses que compraram casa em 2019

A cultura de ser proprietário está bem vincada em Portugal. Ao mesmo tempo que o mercado de arrendamento está a tardar em ser uma alternativa, devido ao elevado valor das rendas, os bancos são por esta altura “os melhores amigos” de quem quer comprar casa. Desde 2010 que não emprestavam tanto – foram 4.931 milhões nos primeiros seis meses do ano –, sendo que em julho concederam 967 milhões e em outubro, último mês sobre os quais há dados, 943 milhões de euros. 

Notícia sobre:
Photo by Matthew T Rader on Unsplash

É possível arrendar uma casa com hipoteca sem avisar o banco? E o spread aumenta?

Com as mudanças e necessidades que vão surgindo ao longo da vida de muitas famílias, é normal que a casa que foi comprada hoje para viver seja a mesma casa que amanhã o proprietário queira arrendar. Mas será que é possível arrendar uma casa hipotecada? E será que, sendo possível fazê-lo, o spread que consta no contrato de concessão de crédito à habitação vai aumentar? Explicamos-te tudo.

Notícia sobre:

Taxa de juro nos contratos de crédito à habitação desceu para 1,017% em novembro

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação foi 1,017% em novembro, inferior à verificada em outubro (1,038%). Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro desceu de 1,134% para 1,086%, revela o INE.

Notícia sobre:

Bancos continuam a emprestar cada vez mais para a compra de casa: 943 milhões só em outubro

A concessão de crédito para a compra de casa aumentou em outubro. A banca nacional emprestou 943 milhões de euros às famílias, mais 28 milhões que em setembro, segundo os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP). No acumulado do ano, o montante financiado pelos bancos portugueses atingiu os 8.522 milhões de euros.

Notícia sobre: