Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Covid-19

Rússia regista a primeira vacina contra a Covid-19

A Rússia anunciou esta terça-feira, 11 de agosto de 2020,  que criou a “primeira vacina” a nível mundial, contra a Covid-19. O fármaco foi desenvolvido pelo instituto Gamaleya, em Moscovo, e foi hoje aprovado pelo Ministério da Saúde russo, depois de dois meses de testes com humanos. A notícia foi avançada pelo presidente russo, Vladimir Putin, durante uma reunião do conselho de ministros que foi transmitida pela televisão. O chefe de Estado adiantou, de resto, que uma das suas filhas já tomou a vacina.

Notícia sobre:

Empresas que recorram ao “novo lay-off” recebem ajuda para subsídio de Natal em 2021

As empresas que recorrerem ao apoio extraordinário à retoma progressiva da atividade, medida que sucedeu ao lay-off simplificado, têm de pagar o subsídio de Natal na íntegra, mas o apoio da Segurança Social chegará em 2021, segundo um esclarecimento prestado esta segunda-feira (10 de agosto de 2020).

Notícia sobre:

Mitos alimentares (e outros) em tempos de Covid-19: cuidado com a informação que circula na internet

A pandemia da Covid-19 teima em ser um mistério. Chegou sem aviso prévio e continua, um pouco por todo o mundo, a vitimar pessoas. A cura parece ainda estar, portanto, no “segredo dos deuses”. Importa, por isso, não dar grande importância a tudo o que se ouve e lê na internet, já que são muitos os mitos existentes, nomeadamente os relacionados com a alimentação. Deve ser saudável, claro, mas não há indícios de que determinadas iguarias possam proteger do novo coronavírus. 

Notícia sobre:

Álcool gel no carro, e agora? Pode evaporar-se mas não há risco de se incendiar sozinho

Serão muitos os portugueses que, por precaução, deixam uma embalagem de álcool gel no carro, para desinfetar as mãos quando e se acharem necessário. Será esta uma boa “política”? Haverá riscos, como por exemplo o do produto se incendiar sozinho se estiver muito calor? Para a Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, esse cenário não se coloca, mas deve evitar deixar-se o líquido “estacionado” na viatura, porque pode evaporar-se.

Notícia sobre:

Guia das moratórias: o que são, quem pode aderir e quais são os prazos

As famílias e empresas que pretendam (e possam) aderir à moratória pública do crédito – nomeadamente à habitação – vão ter mais tempo para o fazer, já que o prazo foi prolongado até 30 de setembro de 2020, revelou o Banco de Portugal (BdP), adiantando que as “condições que os clientes bancários devem preencher para poderem beneficiar destas medidas foram também flexibilizadas”. Quem pode, afinal, recorrer as estas moratórias públicas criadas pelo Governo para dar resposta à crise gerada pela pandemia da Covid-19? Quais são os prazos para aceder?

Notícia sobre:

Moratórias: Deco fala em balão de oxigénio

O Governo aprovou alterações às moratórias, que permitem suspender o pagamento das prestações da casa e do crédito para fins de educação e formação até final de março de 2021. Trata-se de um balão de oxigénio, refere a Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, lamentando, no entanto, o facto das moratórias públicas não contemplarem totalmente o crédito ao consumo.

Notícia sobre:

Perda de rendimentos em tempos de pandemia: o que fazer e o que evitar

A pandemia da Covid-19 chegou sem aviso prévio e deixou (muitas) feridas abertas na economia e na sociedade. O desemprego, por exemplo, disparou. Um cenário que apanhou as pessoas de surpresa, mas que não afetou todos por igual, havendo quem tivesse entrado em incumprimento com o banco, já que não conseguiu pagar os respetivos empréstimos, por ter tido menos rendimentos. E agora, o que fazer? Como proceder? Quem consultar? 

Notícia sobre:

Confinamento faz disparar pedidos de serviços de reparação em casa

É mais um dano colateral causado pela pandemia da Covid-19, que obrigou os portugueses a ficarem em casa durante bastante tempo, e muitos em teletrabalho. O confinamento fez disparar os pedidos de serviços de reparação no lar, com os arranjos de máquinas de lavar e de TV’s a liderarem o ranking: entre março e julho de 2020, aumentaram 389% e 306%, respetivamente, face ao ano passado. O pódio fica completo com o serviço de suporte técnico, que disparou 200% num ano.

Notícia sobre:

Jovens foram os mais afetados pela redução de rendimentos durante a pandemia

As faixas etárias jovens, dos 18 aos 21 e dos 22 aos 37 anos, foram as mais afetadas pela redução de rendimentos causada pela pandemia da Covid-19, de acordo com a edição do European Consumer Payment Report, da Intrum, divulgado esta terça-feira (28 de julho de 2020).

Notícia sobre:

Desconfinamento: portugueses continuam a ter receio de voltar às rotinas, conclui Deco

“Os portugueses continuam a ter receio de voltar às rotinas anteriores ao início da crise do coronavírus”, conclui a Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, salientando que ainda existe medo de frequentar espaços públicos e que muitas férias foram canceladas. Em causa está um inquérito online realizado pela associação entre 16 e 20 de julho, que contempla 1.006 respostas de pessoas que têm entre 18 e 74 anos.

Notícia sobre: