Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Covid-19

Medo de sair à rua? Dicas para ajudar a sair da "bolha" e voltar ao "normal"

Mais ou menos tarde, o fim do confinamento vai chegar e a ideia de transição para um “novo normal” pode trazer um mix de emoções. Ansiosas por sair de casa, as pessoas podem também sentir ansiedade por dar esse passo e voltar às atividades diárias do antes da pandemia. Mais de um ano fechadas em casa, com mais ou menos restrições, e forçadas a sair agora mantendo dois metros de distância e com máscaras postas, o desafio de regressar à normalidade pode ser grande.

Notícia sobre:

Vacina da AstraZeneca: DGS recomenda apenas para maiores de 60 anos – como é noutros países?

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou, pelo “princípio da precaução”, a administração da vacina da AstraZeneca apenas em pessoas com mais 60 anos, suspendendo assim a imunização da população mais jovem com esta vacina. Uma decisão, de resto, já tomada por vários países. Desta forma, a vacinação dos professores, que estava agendada para o passado fim de semana, foi adiada uma semana. 

Notícia sobre:

Usar máscara na rua continua a ser obrigatório até dia 13 de junho

O parlamento aprovou o projeto-lei do PSD que renova por mais 70 dias a obrigatoriedade de usar máscaras em espaços públicos, medida que vigora em Portugal desde 28 de outubro de 2020 e que terminaria hoje, dia 5 de abril de 2021. Desta forma, será obrigatório usar máscara na rua até dia 13 de junho.

Notícia sobre:

Uso de máscara na rua obrigatório até 5 de julho

O uso de máscaras na rua devido à pandemia da Covid-19 vai continuar ser obrigatório pelo menos até 5 de julho deste ano – atualmente é até início abril – e o Parlamento vai aprovar o prolongamento da lei, em vigor desde outubro de 2020. 

Notícia sobre:

Efeitos da pandemia na saúde mental dos trabalhadores de vários países

O bem-estar mental dos trabalhadores em tempos de pandemia da Covid-19 varia consoante as medidas em vigor nos vários países. Em muitos, como é o caso de Portugal, o teletrabalho passou a ser obrigatório, o que aumentou a tensão e o stress, nomeadamente tendo em conta que muitas pessoas tiveram de conjugar o trabalho com o facto de terem os filhos em casa, em ensino à distância. A juntar a tudo isto há, por exemplo, a organização e arrumação da casa. Os efeitos da pandemia na saúde mental dos trabalhadores são, por isso, elevados.

Notícia sobre:

Teletrabalho significa mais horas de trabalho para muitas pessoas no “novo normal”

O teletrabalho passou a fazer parte do “novo normal” que se vive praticamente em todo o mundo em tempos de pandemia da Covid-19. Mas trabalhar a partir de casa significa para muitas pessoas trabalhar mais horas. E também isso parece estar a fazer parte do referido “novo normal”.

Notícia sobre: