Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Destinos baratos: Ryanair lança quatro novas rotas a partir de Lisboa e Porto

Autor: Redação

A Ryanair vai lançar quatro novas rotas a partir da capital portuguesa, Lisboa. No calendário para o Inverno, a companhia de aviação low-cost vai ainda reforçar três outras ligações internacionais, Porto incluído. E, para celebrar, a empresa lança uma campanha de saldos até amanhã, 1 de maio.

Bremen, Eindhoven, Milão (Bérgamo) e Roma (Ciampino) são as quatro rotas que a Ryanair vai acrescentar ao mapa de partidas de Lisboa no próximo Inverno, de acordo com o Público.

Tanto Lisboa-Bremen como Lisboa-Eindhoven vão realizar-se três vezes por semana, enquanto Milão (Bergamo) e Roma (Ciampino) serão contemplados com sete voos semanais.

A companhia de baixo custo anunciou ainda o aumento na frequência de voos em outras três rotas: Londres (Stansted) passará de 14 para 21 voos semanais; Pisa, de dois para três voos semanais; e Porto, de cinco para 14 voos semanais.

Para celebrar a nova programação, a companhia anunciou uma campanha promocional, em vigor até à meia-noite de quinta-feira, 1 de maio: cem mil lugares à venda a partir de 19,99€ para voos entre junho e julho.

Por Lisboa, a Ryanair, cuja expansão na Portela só durou 24 dias, passa a oferecer 14 destinos: além dos agora anunciados, o mapa inclui ligações ao Porto, Bruxelas Zaventem (Bélgica), Frankfurt Hahn (Alemanha), Londres Stansted e Manchester (Reino Unido), Paris Beauvais, Marselha Provence e Dole (França), Dublin (Irlanda), Pisa (Itália).

Segunda bagagem de mão gratuita

Numa altura em que a Ryanair reclama "liderança no mercado", sobretudo "pelas tarifas baixas" e "grande opção de rotas", a companhia lança uma ofensiva no que diz respeito aos serviços prestados.

A low-cost garante que, no seu "muito melhorado website", é possível executar uma reserva usufruindo de "uma segunda pequena bagagem de mão gratuita" ou de lugares previamente marcados.

A companhia destaca ainda o facto de já ser possível utilizar os "dispositivos electrónicos em todo o voo".