Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Regresso às aulas: 5 ideias para criar uma zona de estudo para as crianças

Houzz
Houzz
Autor: houzz

Setembro é um mês de regressos. De regresso ao trabalho, à rotina e, claro, à escola. E talvez esteja na hora de fazer algumas mudanças no quarto das crianças lá de casa, seja porque vão entrar pela primeira vez para a escola, ou porque estão a ficar crescidas. No artigo de hoje apresentamos algumas ideias para que os teus filhos possam desfrutar de uma área adequada para fazer os trabalhos de casa neste novo ano.

Peças que se escondem 

Escolhemos esta foto porque é uma das mais gaurdadas pelos utilizadores do Houzz. Como está a meia altura, a estrutura deixa espaço para um módulo de armazenamento na parte de baixo – uma vez que a mesa amovível não ocupa nem mais um centímetro de espaço quando não está a ser utilizada.

Soluções à medida

Neste quarto, uma das paredes foi reservada para um guarda-roupa embutido e uma mesa do mesmo estilo, que, sem ser muito grande, é mais que suficiente e possui bom espaço de armazenamento, graças às gavetas e prateleiras.

Uma mesa grande com linhas simples

Quando os filhos são mais pequenos precisam de passar mais tempo a ler e a fazer os trabalhos de casa. Um espaço personalizado é essencial para que sintam confortáveis. Nada melhor que uma mesa grande de linhas simples colocadas ao lado da janela para aproveitar a luz natural.

Uma mesa dobrável

Outra boa solução personalizada, num sentido semelhante ao proposto pela designer de interiores Susanna Cots, com a mesa amovível, é a que podes ver nesta imagem. Neste caso podes ver uma área de biblioteca utilizada para instalar uma mesa dobrável que, na realidade, também é uma linda escrivaninha.

Mesa de estudo e cabeceira

Num quarto standard, como o que está nesta fotografia, será uma boa ideia colocar uma mesa de estudo que também sirva de cabeceira, e onde os filhos possam deixar o despertador ou o livro que estão a ler. Mais uma vez, menos é sempre mais. Gostamos desta mesa por causa das suas linhas simples e porque tem capacidade de armazenamento suficiente.