Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Piscina ou praia? Agora já é possível ter o 2 em 1, no jardim de casa...

Empresa espanhola cria cenários paradisíacos, instalando piscinas de areia, que criam a sensação de se estar em plena praia, a partir de 16 mil euros.

piscinasdearena.com
piscinasdearena.com
Autor: Lucía Martín (colaborador do idealista news)

Com o pico do calor, se há coisa que apetece é dar um mergulho. E muitas vezes surge a dúvida, piscina ou praia? Pois agora, já é possível ter o paraíso, juntando 2 em 1. Há uma empresa espanhola que cria verdadeiros oásis em jardins, instalando piscinas de areia, que criam a sensação de se estar em plena praia.

Especializada em piscinas de luxo e utilizando tecnologia e materiais patenteados, como a areia NaturSand, que mudam a aparência do pátio ou jardim, a empresa Piscinas de Arena oferece várias possibilidades: o cliente pode fazer o seu próprio projeto (com o seu assessoramento) ou escolher um dos designs da companhia, de origem. Para quem já tem uma piscina, e pretende criar um novo modelo, também há essa possibilidade, redesenhando-se o espaço e instalando os devidos materiais.

E em que consiste a areia que usam? É um material antiderrapante, liso, macio, compactado que dá a aparência de praia de areia. E com uma vantagem, nunca aquece e, por isso, não há problema em andar descalço.

Segundo a empresa, esse tipo de piscina pode ser aquecida e a sua manutenção é semelhante à de uma piscina convencional. Quanto à limpeza, o revestimento usado no chão, paredes e áreas de praia é limpo com uma máquina de água pressurizada. Outra vantagem: a entrada não exige escadas, uma vez que o acesso é feito através de uma rampa suave, como se fosse a praia.

A estrutura da piscina de areia é de betão armado, o que facilita os projetos livres; adaptando-se sem problemas às singularidades do terreno em que é instalada. Em relação ao restante dos elementos de decoração, podem colocar-se pedras naturais ou temáticas, spas, ancoradouros de madeira, paisagismo, ilhas, bancos, cachoeiras, água salina, etc. Em última análise, o limite é a imaginação. E, claro, a carteira. Quanto custa ter um pedaço do paraíso e uma ilha tropical em casa? No mínimo, o orçamento é de 16.000 euros.