Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

A forma orgânica desta curiosa galeria de arte (em Portugal) não deixa ninguém indiferente

Tem 48 m2
O exterior da galeria de arte / Designboom
Autor: Redação

Diferente e, no mínimo, original. Assim pode definir-se a obra do estúdio português FCC Arquitectura, que decidiu construir uma galeria de arte - de 48 metros quadrados (m2) - com uma forma orgânica em homenagem às obras de arte do escultor português Paulo Neves, cujo atelier se encontra mesmo ao lado, em Cucujães, Oliveira de Azeméis.

A galeria, apelidada com o nome “Mato”, foi desenhada sem linhas e superfícies retas, assemelhando-se a um animal nascido no local e que se mistura com a vegetação circundante. Segundo o designboom, o espaço irá albergar exposições temporárias de artistas nacionais e internacionais.

O exterior é feito de poliuretano expandido, projetado para isolar e impermeabilizar o edifício como se fosse uma espécie de “carcaça”. A forma orgânica traduz-se no interior, que os arquitetos decidiram revestir com gesso - as curvas, neste caso, servem constantemente para a definição dos trabalhos expostos.