Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal é o país da Zona Euro onde a taxa de desemprego mais aumentou em janeiro

Autor: Redação

A taxa de desemprego aumentou, em janeiro, e na variação homóloga para os 8,1% na zona euro e os 7,3% na União Europeia (UE), segundo dados divulgados pelo Eurostat. Na zona euro, a taxa de desemprego subiu face aos 7,4% registados em janeiro de 2020, mas manteve-se estável (8,1%) na comparação em cadeia, com dezembro. Na UE, o desemprego de 7,3% subiu face ao mês homólogo (6,6%), mas manteve-se estável na comparação com dezembro.

Já em Portugal, a taxa de desemprego subiu de 6,8% em dezembro para 7,2% em janeiro, tendo sido o país da zona euro onde esta taxa mais aumentou. Se olharmos para o conjunto de países da União Europeia, contudo, há um país que regista um agravamento superior a Portugal em janeiro, nomeadamente a Hungria, que observa uma subida de cerca de 16% (4,1% em dezembro para 4,9% em janeiro).

Ainda assim, e apesar da subida no arranque do ano, a taxa de desemprego em Portugal mantém-se longe da média da Zona Euro (8,1%) e abaixo da média da União Europeia (7,3%). Espanha (16%), Itália (9% em dezembro) ou França (7,9%) também continuam com taxas de desemprego superiores.

  Dez 2020 Jan 2021 Variação (%)
Zona euro 8,1 8,1 0%
EU 7,3 7,3 0%
Bégica 5,8 5,6 -4%
Bulgária 5,3 5,5 4%
República Checa 3,1 3,2 3%
Dinamarca 6 6,1 2%
Alemanha 4,6 4,6 0%
Estónia 6,9 * *
Irlanda 5,8 5,8 0%
Grécia * * *
Espanha 16,2 16 -1%
França 7,8 7,9 1%
Croácia 7,6 7,1 -7%
Itália 9 * *
Chipre 7,3 6,8 -7%
Letónia 8,2 8,5 4%
Lituânia 9,2 9,6 4%
Luxemburgo 6,7 6,8 1%
Hungria 4,1 4,9 16%
Malta 4,4 4,4 0%
Holanda 3,9 3,6 -8%
Áustria 5,8 5,7 -2%
Polónia 3,2 3,1 -3%
Portugal 6,8 7,2 6%
Roménia 5,2 * *
Eslovénia 4,7 4,7 0%
Eslováquia 7 7,2 3%
Finlândia 8,1 * *
Suécia 8,6 8,8 2%

Fonte: Eurostat
* Sem dados