Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Chegas sempre tarde? 7 dicas de ouro para ser pontual

Além das questões culturais, há temas de personalidade que explicam os "atrasados crónicos". Mas há formas de superar.

Photo by Lukas Blazek on Unsplash
Photo by Lukas Blazek on Unsplash
Autor: Redação

Os britânicos são conhecidos pela sua exata e cumpridora pontualidade. Em Portugal, tal como em muitos outros países, não chegar a horas está culturalmente enraizado. Mas é algo que está a mudar e para o qual há cada vez menos tolerância. Se és dessas pessoas que são uma espécie de “atrasadas crónicas”, para quem conseguir cumprir um horário é vitória semelhante à subida do monte Evereste, estas dicas são para ti. Até porque há questões de personalidade em causa, que podem ser trabalhadas.

Os atrasos, além dos temas culturais, podem ser explicados por fatores pessoais como a incapacidade de gerir o tempo, tal como é contado num artigo do Público em parceria com o The Washington Post, com base em especialistas norte-americanos.

Disney
Disney

Mary Solanto, professora de pediatria e psiquiatria da Hofstra Northwell School of Medicine, em Long Island, (EUA) diz que é algo causado por défice de atenção ou hiperatividade.

Mas há outros tipos de personalidades com probabilidades de se atrasarem, de acordo com Linda Sapadin, psicóloga clínica de Nova Iorque:

  • O perfecionista que prefere voltar a mudar a fonte de letra de toda uma apresentação, mesmo que isso o faça atrasar-se para fazer a apresentação;
  • O criador de crises, que “precisa de uma descarga de adrenalina para seguir em frente”;
  • O sonhador, que “não dá atenção aos detalhes”;
  • O obediente, que diz sim a tudo e a todos;
  • O desafiador, que se revolta contra tudo e todos.
Photo by Mitchell Hollander on Unsplash
Photo by Mitchell Hollander on Unsplash

Truques para chegar sempre a horas

Felizmente, tal como realça o artigo, existem maneiras de superar o atraso crónico, e estas são algumas das estratégias propostas pelos especialistas:

1. Calcular bem o tempo

Descobre exactamente quanto tempo levarás para chegar a algum lugar e soma um tempo extra. Não planeies chegar à hora certa, mas antes. “Isso dá à pessoa uma janela de tempo para ser pontual”, diz Ellen Hendriksen, psicóloga clínica de Massachusetts. 

2. Rodeia-te de relógios

A sugestão de Rashelle Isip, uma terapeuta de gestão do tempo, de Nova Iorque é ter relógios em todo o lado. E mesmo que se ande sempre com o telemóvel, deve usar-se um "bom relógio de pulso antiquado”, que pode ajudar a pessoa a adquirir o hábito de verificar as horas e garantir que o seu dia está a correr de acordo com o planeado.

3. Criar uma série de alarmes

“Programa um alarme para a hora em que tens de começar a preparar-se para sair e outro para quando realmente tiveres de sair de casa”, indica Mary Solanto, alegando que esses lembretes sonoros frequentes podem ajudar a chamar a atenção, de maneira a que não se perca a noção do tempo.

4. Criar prazos artificiais

Se és uma pessoa que anseia pela emoção de um prazo apertado, o melhor é estabeleceres um marco extra antecipado. Por exemplo, se tens mesmo de sair de casa às 19h, então deves marcar para sair às 18h30.

5. Não começar uma atividade agradável

Antes de um evento agendado, não comeces nada que tenha de ser interrompido. 

6. Planear o que farás se chegares cedo

Leva contigo algo de que gostes, como uma revista ou um jogo. Isso pode tornar o tempo de espera mais fácil de suportar, recomenda Mary Solanto. 

7. Visualiza como te sentirás se chegares tarde

Uma pessoa transportar-se até esse momento e imaginar as consequências de se atrasar pode ser motivador para que não o faça.

Dica extra

Se a pessoa é pontual, mas está a lidar com uma que é cronicamente atrasada, aborda o tema numa conversa individual. E sê paciente: “Como em qualquer coisa, não podemos esperar que as pessoas mudem de um dia para o outro", aconselha Rashelle ​Isip.

Etiquetas
DicasGuia