Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Torres Colombo: Iberdrola coloca centro de escritórios à venda e há 40 fundos interessados

Autor: Redação

A Iberdrola, através da sua filial imobiliária, colocou à venda uma das torres de escritórios do Centro Comercial Colombo, no centro de Lisboa. Quando for concluída, esta será a maior operação do setor em Portugal, desde 2010. E este promete ser um processo disputado, havendo neste momento mais de 40 fundos interessados nos ativos.

A elétrica espanhola  -  segundo explica o jornal espanhol que El Economista que avança com a notícia, partilha a propriedade deste imóvel, em partes iguais - com a gestora de fundos CBRE Global Investors, Caixa Geral e Sonae Sierra.

O projeto imobiliário, que era promovido por este grupo de empresas e consistia na oferta de espaços de qualidade e de grandes dimensões após um investimento de 90 milhões de euros - dividia-se entre as torres Oriente e Ocidente.

É esta última que tem agora o cartaz de venda. A Torre do Oriente já foi vendida, em 2009, à Union Investment Real Estate, por cerca de 73 milhões de euros. 

O processo de venda da Torre Ocidente, que está a cargo da consultora Cushman & Wakefield, está na fase inicial, mas prevê-se que "termine antes do final do primeiro semestre", segundo fontes conhecedoras, citadas pelo jornal espanhol.

As duas torres, o centro comercial Colombo e os estacionamentos formam juntos o maior conjunto edificado e de uso misto do país, ocupando uma superficie total de, cerca de 500.000 metros quadrados (m2). No total, são 14 andares, cada um com uma área bruta de 29.000 m2.