Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Emblemático palácio de altas vozes da Ópera à venda por 1,4 milhões de euros

A residência do tenor Giacomo Lauri-Volpi e a soprano María Rosa em Burjassot, Espanha. / Engel&Völkers
A residência do tenor Giacomo Lauri-Volpi e a soprano María Rosa em Burjassot, Espanha. / Engel&Völkers
Autor: Redação

O tenor italiano Giacomo Lauri-Volpi passou as suas últimas horas em Valência, Espanha. Vivia no país vizinho desde o final da Segunda Guera Mundial, exatamente depois de casar-se com a soprano espanhola (de Alicante) María Ros, em 1924. E assim foi até ao dia em que faleceu, o dia 18 de março de 1979. Desde então, o seu corpo descansa com o da mulher em Godelha e a sua residência, cúmplice desta bonita história de amor, está agora à venda por 1,4 milhões de euros.

O palacete de 1910 está localizado em Burjassot, na província espanhola de Valência. Ainda que tenha viajado meio mundo, passando por cenários para interpretar as obras de Puccinni ou Verdi, Volpi voltava sempre a Burjassot. Nos dias em que radiava o sol, saía à torre da residência e à cobertura para escrever o seu livro "O equívoco". O grande salão era onde tocava piano e ouvia cantar à sua esposa, nas tardes de inverno.