Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas de luxo

Últimas notícias sobre "Casas de luxo" publicadas em idealista.pt/news

266 Liberdade (ex-Diário de Notícias) está concluído e voltará a ter néons

As obras de requalificação do 266 Liberdade, mais conhecido como edifício do Diário de Notícias (DN), estão concluídas – são 34 apartamentos e uma loja no piso térreo –, mas o edifício está, neste momento, sem as suas típicas letras góticas no topo. Estão a ser feitas “pequenas reparações” nas mesmas e colocados néons, que pretendem devolver a luz que em tempos dali emanou. E depois voltarão a ser colocadas no local original, revelou Aniceto Viegas, diretor-geral da promotora imobiliária Avenue, que comprou o imóvel, no final de 2016, por cerca de 20 milhões de euros.

Notícia sobre:

The Duke’s Square nasce no Porto pelas mãos da empresa israelita Osquared

Chama-se The Duke’s Square é o terceiro projeto residencial a nascer no Porto pelas mãos da Osquared – depois do Cedofeita 630 e do Almada 516 –, empresa fundada pelo empresário israelita Eli Omer que pertence ao Omer Group Investments. Trata-se de um empreendimento que está em fase inicial de construção e que se encontra na Rua Duque de Loulé, próximo da emblemática Praça da Batalha. Em causa está um edifício habitacional de estilo burguês do século XIX que terá oito apartamentos, sendo que quatro estão vendidos.

Notícia sobre:
As casas mais caras de Portugal

As casas mais caras de Portugal

Uma quinta, uma espetacular moradia, uma penthouse de luxo... Quem não gostaria de viver numa das casas mais caras de Portugal? Sonhar não custa, por isso selecionámos as melhores mansões do país.

Notícia sobre:
Gtres

Mansão de luxo de George Clooney volta a ficar alagada depois de tempestade em Inglaterra

Notícia sobre:
Terraços do Monte, na Graça, em Lisboa / Vanguard Properties

Os projetos da Vanguard Properties à lupa: mexicanos e norte-americanos atentos ao luxo

A Vanguard Properties (VP) começou a fazer as primeiras aquisições de imóveis em Portugal em 2016, e desde então foi sempre a somar, sendo atualmente umas das promotoras imobiliárias mais ativas no mercado nacional. Um dos primeiros projetos que adquiriu encontra-se na Graça, em Lisboa, onde vai nascer o Terraços do Monte, que a empresa pretende que seja um edifício “super premium”, uma espécie de “nova versão do Castilho 203”. Sobre este projeto, José Cardoso Botelho, Managing Director da VP, diz, em entrevista ao idealista/news, que terá 15 apartamentos, menos que o inicialmente previsto, bem como “duas penthouses excecionais”. O resonsável adianta, ainda, que neste segmento mais alto a VP tem recebido manifestações de interesse de mercados completamente novos, nomeadamente oriundos do México e dos EUA.

Notícia sobre:

Vanguard Properties: “Apesar da pandemia os resultados continuam a ser muito positivos”

“No segmento onde a Vanguard Properties está inserida, tivemos um ano de 2020 bastante positivo”, começa por dizer ao idealista/news José Cardoso Botelho, Managing Director da Vanguard Properties (VP). Segundo o responsável, apesar do contexto de pandemia da Covid-19, os resultados da promotora imobiliária “foram muito animadores”. “E o início de janeiro continua a ser muito positivo”, acrescenta, salientando que há muitos portugueses a investir no setor imobiliário e a comprar casa.

Notícia sobre:
Realtor/Gtres

As extravagâncias imobiliárias de Elon Musk, capaz de vender quatro mansões num só lote

Notícia sobre:

Antigo Hospital CUF Infante Santo será um condomínio de luxo com 87 apartamentos

O antigo Hospital CUF Infante Santo, em Lisboa, será um condomínio de luxo com 87 apartamentos com tipologias T1 a T4 duplex e áreas dos 53 aos 235 metros quadrados (m2). O Villa Infante, como se chamará, “sairá do papel” depois do antigo hospital ter sido comprado pela promotora imobiliária Avenue, que investirá cerca de 60 milhões de euros no projeto. A construção deverá arrancar já em fevereiro e estima-se que o empreendimento, que terá a assinatura do arquiteto Frederico Valsassina, estará concluído no primeiro trimestre de 2023.

Notícia sobre: