Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Croácia adere à iniciativa Casas por 1 euro e cria oferta para jovens

Devem ser menores de 40 anos e viver na localidade durante pelo menos 15 anos.

Foto de H. Hach|Pixabay
Foto de H. Hach|Pixabay
Autor: Redação

A iniciativa Casas por 1 euro já chegou à Croácia. Este programa de combate ao despovoamento das cidades nasceu em Itália e já chegou a territórios além-fronteiras.

A pequena cidade de Legrad, situada a cerca de uma hora e meia de Zagreb – a capital do país- , tem cerca de 2.200 habitantes e é a primeira a lançar um programa deste tipo para dar uma nova vida à cidade. Nele, os jovens têm um papel central.

A cidade oferece, em concreto, propriedades a um preço de apenas 1 kuna croata (cerca de 13 cêntimos de euro à taxa de câmbio atual), mas há critérios a cumprir. Os interessados deverão ter menos de 40 anos e deverão estar dispostos em mudar-se para Legrad para ali viver durante, pelo menos, 15 anos. O projeto teve início no final de 2020 e já recebeu pedidos inclusive da Itália e da França.

O objetivo do programa passa por repovoar a cidade e promover a reabilitação de habitações. E, para isso, haverá apoios: o município irá disponibilizar fundos até 35.000 kunas croatas (cerca de 4.640 euros) para restaurar as casas que forem adquiridas.

Esta pequena localidade croata está rodeada de natureza e por ali passa o rio Deava. Legrad tem também uma das taxas de desemprego mais baixas de todo o país que pode ser outro elemento atrativo.

Para aquele que pretendam mudar-se para esta localidade mas não reúnem os requisitos, existe também oferta imobiliária a preços acessíveis. Há, por exemplo, terrenos para construir casa ou casas para reabilitar por pouco mais de 13.000 euros.