Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

as loucuras imobiliárias de rybolovlev, o russo que investe no mónaco (fotos)

dmitry rybolovlev é, segundo a forbes, o 119º homem mais rico do mundo
Autor: Redação

dmitry rybolovlev é um dos nomes mais falados do momento. o multimilionário russo – já foi o 93º homem mais rico do mundo, segundo a forbes, e agora ocupa o 119º lugar – está a investir muito dinheiro no (clube de futebol) mónaco, a fazer lembrar o que fez o compatriota abramovich no chelsea. rybolovlev ficou com 66% do clube em dezembro de 2011 e está apostar forte na próxima época, tendo contratado, por exemplo, os portugueses joão moutinho e ricardo carvalho e o colombiano falcao. a paixão pelo futebol precede algumas loucuras imobiliárias, que também têm como protagonista a sua filha: ekaterina rybolovlev

vamos por partes. aos 46 anos, dmitry rybolovlev pode orgulhar-se de ter ganho muito dinheiro em pouco tempo, tendo começado, em 1992, por criar um fundo de investimento e, depois, comprado acções de indústrias. três anos depois, em 1995, já liderava a ukralkali, uma das maiores produtoras de fertilizantes da rússia

com o passar do tempo, rybolovlev e a mulher elena – entretanto o casal divorciou-se, após 33 anos de relação, com elena a reclamar cerca de 3,5 mil milhões de dólares – foram viver para a suíça e o agora presidente do mónaco começou a investir em várias frentes. o sector imobiliário foi uma delas. em 2008, o magnata russo comprou uma mansão em palm beach, na florida (eua), que pertencia a donald trump. a maison de l’amitié (casa da amizade), como é conhecida, custou 95 milhões de dólares (72,5 milhões de euros) e está localizada junto ao mar, encontrando-se situada num terreno com 2,6 hectares. dispõe, entre outros luxos, de 18 quartos e de praia privada

as extravagâncias imobiliárias de rybolovlev não se ficam por aqui. em 2011, ekaterina, a sua filha mais velha, adquiriu aquele que era na altura o apartamento mais caro de manhattan, nova iorque: um imóvel de 600 m2 localizado perto do central park que custou 88 milhões de dólares (67 milhões de euros) e que foi, na altura, a operação imobiliária mais cara de sempre já consumada na cidade. em causa está um imóvel com dez divisões, entre elas quatro quartos, uma biblioteca e um bar

mas a ambição da família rybolovlev não se fica por aqui, já que em fevereiro deste ano o multimilionário russo comprou uma mansão no havai por 20 milhões de dólares (15,1 milhões de euros). uma habitação que, segundo a revista forbes, tinha como proprietário o actor norte-americano will smith, que em 2009 a adquiriu por 13,5 milhões de dólares (10,2). trata-se de um imóvel com 205 m2 localizado num terreno com 2,8 hectares e que dispõe, por exemplo, de piscina, courts de ténis

mais recentemente, em abril, o presidente do as monaco voltou a investir no sector imobiliário. e novamente, segundo consta, através da filha ekaterina. de forma surpreendente, o magnata russo decidiu comprar uma ilha grega, que até agora estava na posse da família onassis, local onde o armador grego aristóteles onassis casou com jackie kennedy, viúva de john f. kennedy. a ilha em causa, skorpios, situada no mar jônico, tem três casas, heliporto e cais e terá custado cerca de 100 milhões de dólares (75,4 milhões de euros). estava na posse de athena onassis, neta de aristóteles e a única herdeira viva do património deixado pelo avô

notícias relacionadas

jovem de 22 anos compra o apartamento mais caro de nova iorque

skorpios, a ilha da família onassis que foi vendida por 152 milhões

Artigo visto em
(idealista news)