Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cansado das paredes lá de casa? Estas dicas vão deixá-las como novas (e bonitas)

Photo by Philipp Berndt on Unsplash
Photo by Philipp Berndt on Unsplash
Autor: Redação

As paredes com impurezas, como bolor e humidade, podem ser uma verdadeira dor de cabeça. Antes de executar qualquer reparação, deve verificar-se se o problema que originou o aparecimento de determinada “patologia” está resolvido, caso contrário, a reparação será temporária e os “sintomas” acabarão por aparecer novamente. Depois disso, é dar “asas” à imaginação: não faltam alternativas no mundo da decoração para dar um ar mais arrojado à sala, ao quarto ou cozinha.

De forma a tornar a tua casa num sítio agradável, bonito, e livre de impurezas, deixamos-te algumas dicas – com a ajuda da MELOM*, empresa especializada e líder em remodelação de imóveis – que deverás pôr em prática para que as paredes fiquem como novas.

Um dos problemas das paredes é o aparecimento de salitre. Neste caso, é importante substituir o próprio reboco afetado por uma argamassa específica. Devemos ainda ter presente que, quando se procede a pinturas nestas divisões, é aconselhável o uso de tinta anti-fungos.

No caso de reparações nas instalações sanitárias, devemos realçar a importância de impermeabilizar as paredes e, não menos importante, o chão das mesmas (principalmente nas zonas de duche).

Melom R9
Melom R9

Tratamento de salitre e impermeabilização de chão e zona de duche (Obra Melom Re9)

Transformar a atmosfera de uma casa através da remodelação de paredes

O uso de padrões e texturas em paredes ajuda a criar atmosferas únicas e diferenciadas em determinadas divisões de uma habitação. Mas existe um senão neste tipo de intervenção: os padrões aplicados podem passar de moda. Esta escolha deve, por isso, ser antecedida por uma análise do que existe no mercado, de forma a avaliar se aquele padrão ou textura é a mais indicada para determinada divisão (se não limita o tipo de decoração, tipo de móveis, entre outros fatores).

A utilização de barramento e pintura é uma opção cada vez mais utilizada para remodelar as paredes das instalações sanitárias e cozinhas. Desta forma, é possível eliminar os padrões dos cerâmicos de que já não gostamos, podendo assim utilizar uma cor mais agradável e uniforme. Esta opção tem a particularidade de ser substancialmente mais económica que a substituição dos cerâmicos e de se poder voltar a pintar a qualquer altura.

Melom R9
Melom R9
Antes e depois (Obra Melom Re9)

Tornar uma divisão maior ou mais luminosa

Uma das opções mais simples que devemos ter em atenção é a utilização de cores claras, essencialmente nas paredes e nos tetos, pois ajuda a melhorar a luminosidade e proporcionar uma sensação de espaços mais amplos. Outro ponto importante é o uso de padrões lineares e aplicações longitudinais.

A famosa ilusão que se utiliza em muitos elevadores com o recurso a espelhos – para dar a perspetiva que o espaço é maior do que é na realidade –, é também utilizado dentro das habitações. Normalmente, quartos e corredores são as divisões onde o recurso a este artifício surte melhores efeitos. Além de dar profundidade aos espaços, também ajuda a aumentar a luminosidade dos mesmos.

www.restoremajorityrule.com
www.restoremajorityrule.com

Espelho em parede de hall (à esquerda) e uso da cor branca numa obra Melom Re9 (à direita)

As paredes podem ser o reflexo de quem as habita

A primeira dica é sobre a utilização de tijolos à vista. Cada vez mais utilizada, esta técnica deve ser aplicada numa área pouco extensa. O tijolo transmite um aspeto pesado ao local, recomendando-se que seja combinado com a aplicação de tons claros nas restantes paredes, chão e teto da divisão.

www.vivadecora.com.br/foto/154852/parede-de-tijolinho-e-pendente-cobre
www.vivadecora.com.br/foto/154852/parede-de-tijolinho-e-pendente-cobre

Parede com tijolo

Uma solução também usada é pintar o tijolo à vista, mantendo-se o aspeto texturado e irregular, alterando o brilho e a cor.

detalhesdoceu.blogspot.com/2016/06/o-apartamento-colorido-de-ana-teresa.html?m=1)
detalhesdoceu.blogspot.com/2016/06/o-apartamento-colorido-de-ana-teresa.html?m=1)

Tijolo com pintura à vista

Ainda que no nosso país não seja muito utilizada, a arte urbana em paredes interiores ganha cada vez mais adeptos. Algo mais arrojado, mas que funciona muito bem e pode, por exemplo, ser usado para conjugar com as paredes em tijolo descritas anteriormente para suavizá-las.

://www.gazetadopovo.com.br/haus/decoracao/grafite-casa-arte-urbana-projetos-interiores
://www.gazetadopovo.com.br/haus/decoracao/grafite-casa-arte-urbana-projetos-interiores
Arte urbana em parede lisa e na segunda imagem em parede de tijolo à vista

Se és um amante de fotografia ou tens aquela frase que tanto gostas, aposta na colocação de vinis. Com esta dica, consegues personalizar qualquer espaço, dando-lhe um toque pessoal com paredes interativas, sugestivas ou temáticas.

Podes ainda optar por ter paredes personalizadas e que podem ser alteradas diariamente, simplesmente utilizando tinta com efeito ardósia. É certa a boa disposição que proporciona às crianças, dando-lhes a liberdade de poderem desenhar e escrever nas paredes preparadas para o efeito. É também uma boa solução para os adultos, conseguindo aqui o toque pessoal que pretendem, de forma simples.

www.directobras.pt/casa/use-tinta-com-para-decorar-a-sua-parede
www.directobras.pt/casa/use-tinta-com-para-decorar-a-sua-parede

Paredes com tinta efeito ardósia

Ideias arrojadas para paredes interiores únicas

Se quer surpreender ainda mais quem o visita, aposte numa parede interior com cascata de água. É um elemento agradável para colocar preferencialmente num hall de entrada ou sala, devido ao som da água, que transmite um sentimento de calma e relaxamento.

www.homify.com.mx/fotografia/106868/departamento-santa-fe
www.homify.com.mx/fotografia/106868/departamento-santa-fe

Cascata de água na sala    

www.decorsalteado.com/2014/03/hall-de-entrada-veja-40-entradas.html
www.decorsalteado.com/2014/03/hall-de-entrada-veja-40-entradas.html
   
Cascata de água entre vidros no hall de entrada

*Este artigo teve o apoio técnico da MELOM Re9 (Barcelos)