Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

As grandes tendências de decoração para 2021

Os tons usados querem-se mais suaves, para transmitir leveza ao ambiente e torná-lo mais acolhedor. E a sustentabilidade também terá uma palavra a dizer.

Shutterstock
Shutterstock
Autor:

O novo ano chegou e com ele chegaram as novas tendências da decoração. Desde as cores às plantas, passando pela sustentabilidade e pela dica do menos é mais que nunca sai de moda: em colaboração com a Habitissimo, deixamos-te algumas ideias daquilo que será mais usado neste novo ano, para que te inspires e comeces a planear a próxima renovação da casa já hoje. 

As cores para 2021

Este ano vai ser rico em cores mais suaves e alegres, como os tons pastel e as cores mais quentes, como o amarelo e o laranja. Os tons usados querem-se suaves, para transmitir leveza ao ambiente e torná-lo mais acolhedor. O verde e o azul também estão em alta, já que ajudam a transmitir calma e serenidade a qualquer espaço, especialmente se for usado em quartos. Todas estas cores são versáteis e podem ser facilmente combinadas com uma base neutra, em branco ou até cinzento. O bege e o terracota também funcionam muito bem como base para muitas destas cores, pelo que podem ser usadas na decoração de ambientes sem problema.

Shutterstock
Shutterstock

Aposta na sustentabilidade

A sustentabilidade no lar tem estado cada vez mais em voga, a cada ano que passa, mas 2021 vai ser certamente um ano em que essa aposta será ainda mais visível. As novas tendências de decoração apostam muito no uso de materiais intemporais e provenientes de fontes sustentáveis, ou dão uma nova vida a móveis e peças decorativas em segunda mão através da magia do DIY. A sustentabilidade passa também pela adoção de sistemas inteligentes para a casa, que permitem poupar na energia e no aquecimento e tornam o lar ainda mais confortável, sem precisar de gastar demasiados recursos para o conseguir.

Shutterstock
Shutterstock

Menos ainda é mais

O minimalismo ainda vai continuar na moda, aliado à tendência da sustentabilidade. Ambientes clean e sem a circulação restringida ficam sempre bem em qualquer casa e vão continuar a fazer capas de revista durante este ano. Quebra um pouco a monotonia com uma ou outra peça mais personalizada (como um móvel em segunda mão ou uma recordação de uma viagem que fizeste). Assim, terás na mesma um espaço minimalista, mas que demonstra a sua personalidade e memórias. Traz também conforto ao espaço usando uma cor como o amarelo pastel ou o azul bebé, para dar energia ao espaço sem pesar demasiado visualmente.

Shutterstock
Shutterstock

Plantas e mais plantas

As plantas sempre foram as queridinhas da decoração, mas a tendência é que se usem cada vez mais na composição dos espaços e que sejam uma parte integrante da decoração de uma casa. Qualquer tipo de planta pode ser usada para tornar um local mais acolhedor, mas se não tens grande experiência com jardinagem, o melhor é começares por espécies que sejam fáceis de manter e que não precisem de tantos cuidados, como catos e suculentas. Quando te sentires mais confortável, podes passar para outras plantas e criar assim um autêntico jardim tropical dentro de casa.

Shutterstock
Shutterstock

Cuidar do jardim

Em linha com a tendência anterior, o cuidado do jardim também volta a ser tendência em 2021. Um jardim mal cuidado e planeado é coisa do passado, e por isso, a tendência será apostar nas áreas exteriores da casa e fazê-las brilhar, com ou sem ajuda profissional. Pensa bem no espaço que tens e planeia diversos locais para relaxamento, usando coisas como uma pérgola ou uma cadeira de baloiço. Delimita o espaço para canteiros e árvores, pensa nas melhores espécies para o local, e cria assim um clima mais recatado e onde possas estar a apreciar o ar livre tranquilamente e sem interrupções.

Shutterstock
Shutterstock

Deixe entrar a luz natural

A luz natural sempre foi um ponto importante na decoração de interiores, mas com o período de confinamento, a necessidade de deixar entrar a luz do sol para as nossas casas tornou-se um foco ainda maior. Assim, a tendência é que as novas construções tenham janelas e portas de vidro amplas, podendo até integrar as varandas no interior da casa para ganhar mais espaço. As cortinas deverão ser de tecidos leves ou, para quem gosta do estilo nórdico, porque não dispensar a presença das cortinas? No sótão, a instalação de claraboias é um must, para potencializar este espaço e trazer-lhe mais vida. Ao apostar na iluminação natural, está também a ser sustentável, já que isso lhe permitirá poupar na conta da luz. Um universo de vantagens só por deixar a luz entrar.

Shutterstock
Shutterstock