Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas na China

Últimas notícias sobre "Casas na China" publicadas em idealista.pt/news

UNESCO

As impressionantes “casas redondas” da China que estão em perigo de extinção

Na região chinesa de Fujian há cerca de 3.000 edifícios residenciais de forma circular, são as chamadas “casas redondas” ou as “tulou”. Mas apenas 46 são reconhecidas como património da Unesco, as maiores ou mais raras. Todas as outras, de menor dimensão ou importância, vão-se deteriorando com os anos, não havendo um plano estatal que ajude à sua conservação. Todas as iniciativas para salvar estes curiosos imóveis, originários do século XII – e nos quais podem chegar a viver cerca de 80 famílias –, são privadas.
Notícia sobre:

O lar melhor aproveitado do mundo: só mede 40 m2, mas cabem seis pessoas à vontade

Notícia sobre:

... E autoridades proíbem venda de mini-casas no Silicon Valley chinês

Em 12 metros quadrados havia uma casa de banho, cozinha e cama. Estes mini-apartamentos estavam em vias de ser comercializados no Sul da China por 880,000 yuan (117,3 mil euros), mas as autoridades locais proibiram a sua comercialização alegando que estas casas violam as regras e normativas regulatórias do país. Shenzhen, conhecido como o Silicon Valley chinês, assistiu nas últimas décadas a um crescimento populacional acelerado que agora se reflete no preço das casas.

Notícia sobre:

As “casas teimosas” da China: 19 exemplos de como resistir à loucura imobiliária no país

Na China são conhecidas como “casas teimosas”, porque são as únicas que permanecem de pé após todas as outras que estavam à sua volta terem sido derrubadas. São o exemplo vivo da resistência de alguns proprietários contra o louco desenvolvimento imobiliário que se vive no país. Algumas teimam em manter-se “vivas” há mais de dez anos…
Notícia sobre:

Nasce o primeiro edifício do mundo construído com uma impressora 3D (fotos)

É literalmente uma invenção da China: a construção de casas através do uso de impressoras 3D. O primeiro edifício do mundo utilizando este tecnologia nasceu no Parque Industrial de Suzhou pela mão da empresa WinSun. E este tipo de construção parece ter vantagens para vingar: mais barato e rápido. Ora vê...
Notícia sobre:

China: preço das casas novas cai em 90% das cidades

O preço das casas novas na China caiu em julho em 90% das cidades, face ao mês anterior. Segundo dados oficiais, este é um fenómeno que sucede há três meses consecutivos: em maio o preço da habitação nova caiu em 35 cidades, em junho em 55 e em julho em 64. Isto tendo em conta que estava em análise o preço das casas novas em 70 metrópoles.

Notícia sobre:

China: fotos espetaculares de casas “colmeia”

As casas “colmeia” viraram moda na China. São edifícios altos e que têm capacidade para albergar muitas pessoas, que se habituam, depois, a viver apertadas e “umas em cima das outras”. Daí a designação de casas “colmeia”. Um bom exemplo deste tipo de construção encontra-se na cidade de Wuxi, na província de Jiangsu, que tem cerca de 6,4 mihões de habitantes e uma densidade de 1.330 habitantes por km2.
Notícia sobre:

China: governo investe 14 mil milhões em casas para os mais carenciados

O governo chinês anunciou que vai investir 115.800 milhões de yuanes (14.000 milhões de euros) na construção de casas para as pessoas com maiores carências financeiras. Trata-se de uma medida que visa dar acesso à habitação às classes mais desfavorecidas e que acabaram por ser as mais afetadas pela bolha imobiliária.

Notícia sobre:
A casa está localizada na cidade chinesa de Shenzhen ,na província de Guangdong.

Casas de sonho: Viver nas alturas de uma penthouse na China (fotos)

Notícia sobre:

China: preço das casas continua em alta

Notícia sobre: