Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

“Viver” como um marajá já é possível: o Palácio de Jaipur abriu as portas ao mundo

Padmanabh Singh colocou o seu palácio em Rajastão, na Índia, numa plataforma de arrendamento de curta-duração.

Para dormir como um marajá
Interior da suite / Airbnb
Autor: Redação

A frase "viver como um marajá" ganhou um novo sentido e está agora a um passo do “comum dos mortais”. E tudo porque Padmanabh Singh, Marajá de Jaipur, decidiu colocar o seu palácio em Rajastão, na Índia, numa plataforma de arrendamento de curta-duração – é o primeiro anfitrião real a estar presente no Airbnb. A tarifa normal para uma noite custa 7.200 euros e o valor da estadia reverterá a favor da Fundação Princess Diya Kumari, uma organização sem fins lucrativos que se dedica a apoiar mulheres e artesãos rurais da região.

A Gudliya Suite, situada no interior do palácio, construído em 1727, possui uma grande sala de estar, cozinha, casa de banho e piscina interior privada, além do amplo quarto. Quem tiver a oportunidade de hospedar-se no local, poderá visitar o interior do palácio, pautado pelos detalhes e ornamentos espetaculares típicos da cultura hindu, bem como desfrutar das iguarias do restaurante - por lá passaram convidados ilustres, como Bill Clinton, o Príncipe Carlos de Inglaterra e Jackie Kennedy, entre otros.

Até o final de 2019, a suite esteve disponível algumas noites a uma taxa reduzida de cerca de 900 euros (1000 dólares) por noite, embora a disponibilidade já esteja esgotada.