Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fundo Discovery abre Hotel das Furnas nos Açores este trimestre

Autor: Redação

O Discovery Portugal Real Estate Fund prevê reabrir o Hotel Spa das Furnas, em São Miguel, Açores, no primeiro trimestre de 2015. A arquitetura da unidade hoteleira é responsabilidade da Saraiva + Associados, a decoração é da designer Nini Andrade Silva e a obra foi adjudicada à Somague Ediçor.

Em comunicado citado pela Presstur, o Fundo Discovery refere que em causa está um investimento de 1,6 milhões de euros e que a unidade hoteleira concessionada à ASTA está “agora incluída” no seu portefólio de ativos imobiliários turísticos em Portugal.

Em agosto passado este fundo adquiriu a totalidade das ações da Asta Atlântica, após a homologação do Plano Especial de Revitalização (PER) desta sociedade pelo Tribunal de Ponta Delgada. Escrevia então o Público que tinha então seis meses para abrir o spa das Furnas, no início de 2015, e o prazo de 18 meses para inaugurar o Hotel Príncipe do Mónaco e das galerias comerciais da Calheta, no princípio de 2016.

Em atividade desde setembro de 2012, o Discovery Portugal Real Estate Fund afirma ter “uma gestão integrada” que permite “economias de escala, sinergias, elevado poder negocial com operadores de forma a melhorar significativamente a performance e a gestão das suas empresas”.

Segundo o Público, até agosto tinha comprado créditos sobre 34 ativos, num valor aproximado de 580 milhões de euros, quase todos na área do turismo, revelou Pedro Seabra. Além de ter criado uma marca própria para gerir as unidades hoteleiras que já comprou, o fundo de investimentos tem também celebrado contratos com cadeias internacionais para a administração de alguns hotéis.

O Fundo afirma ainda ter “como objetivo final atingir a liquidez para os seus investidores”, pela venda de ativos do fundo como pela venda de participações “a investidores institucionais que procurem ter uma exposição ao setor turístico em Portugal”.