Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

A ruralidade vista por dentro: fotógrafo português vence prémio Travel Photographer of the Year

Jorge Bacelar, que também é veterinário, só fotografa o mundo rural e as suas gentes. Foi distinguido num dos maiores concursos de fotografia de viagens do mundo.

Abílio da Fonseca, agricultor da Murtosa (fotografia vencedora na categoria Public’s Choice) / Jorge Bacelar
Abílio da Fonseca, agricultor da Murtosa (fotografia vencedora na categoria Public’s Choice) / Jorge Bacelar
Autor: Leonor Santos

Jorge Bacelar nasceu a 12 de junho de 1966, em Figueira de Castelo Rodrigo. É veterinário de profissão e faz clínica de campo há mais de vinte anos, mas também é um apaixonado pela fotografia, uma atividade à qual começou a dedicar-se a partir de 2013. Só fotografa o mundo rural e as suas gentes, eternizando através da lente os seus “amigos agricultores”, pessoas “que lutam desde o nascer ao por do sol”, partilhando desinteressadamente o “pouco que têm” com generosidade, conta ao idealista/news. Conquistou recentemente o prémio Public’s Choice do Travel Photographer of the Year 2020, um dos maiores concursos de fotografia do mundo, com uma das suas fotos da vida agrícola, além de um segundo lugar para o seu portefólio na secção People of the World.

A fotografia vencedora está na contracapa do seu livro “Ruralidades”. “É o Abílio da Fonseca, toda a vida foi agricultor e moliceiro na Murtosa. Agora com mais de oitenta anos gosta de estar no estábulo junto de meia dúzia de cabras que possui”, conta Jorge Bacelar.

“A profissão de veterinário concede-me o raro privilégio de conviver diariamente com os agricultores e registar em imagens uma ruralidade vista por dentro, o calor humano e a magia de locais únicos. Pessoas que lutam desde o nascer ao por do sol, sem direito a descanso, para garantirem o seu magro sustento, já que o fruto do seu trabalho nunca foi pago de forma digna. O pouco que têm, proveniente essencialmente da terra, é desinteressadamente partilhado com generosidade. Tenho com eles uma relação familiar, de grande amizade e respeito”, explica o veterinário-fotógrafo.

Garante, aliás, que entrar nas suas casas e estábulos “é como recuar no tempo”. Um mundo que considera mágico, que sabe que vai desaparecer, mas que pode eternizar nas suas fotos. “Encontrei na fotografia a forma de enaltecer e perpetuar estes meus amigos agricultores e dar a conhecer um mundo que muitos julgavam já não existir. Só fotografo o mundo rural a as suas gentes”, diz ao idealista/news.

“Fico fascinado como a luz entra em determinados locais, como estábulos e cozinhas antigas e com a possibilidade de usar essa luz e poder retratar o mundo da forma como eu a vejo”, acrescenta ainda.

Fotografia vencedora - People's Choice

Abílio da Fonseca, agricultor da Murtosa / Jorge Bacelar
Abílio da Fonseca, agricultor da Murtosa / Jorge Bacelar

Secção People of the World

José Sousa, agricultor de Estarreja / Jorge Bacelar
José Sousa, agricultor de Estarreja / Jorge Bacelar
João Valente Silva, agricultor da Murtosa / Jorge Bacelar
João Valente Silva, agricultor da Murtosa / Jorge Bacelar
O pastor António Fernando dos Santos da Reigada / Jorge Bacelar
O pastor António Fernando dos Santos da Reigada / Jorge Bacelar