Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito malparado na habitação sobe em janeiro

Autor: Redação

Há mais portugueses a sentir dificuldades em pagar a casa ao banco. O crédito malparado na habitação, em percentagem do total do crédito concedido para este fim, subiu de 2,45% em dezembro para 2,47% em janeiro, atingindo os 2.512 milhões de euros. Em causa estão dados do Banco de Portugal (BdP).

De acordo com a Lusa, que se apoia nos referidos dados, o crédito de cobrança duvidosa das famílias e empresas voltou a subir no primeiro mês do ano, atingindo os 5.364 milhões de euros e os 12.545 milhões, respetivamente, ultrapassando em conjunto 17.900 milhões de euros.

Segundo o banco central, em janeiro, dos 123.212 milhões de euros emprestados às famílias, 5.364 milhões de euros eram considerados créditos de cobrança duvidosa, representando 4,35% do total dos empréstimos concedidos. Trata-se de um novo máximo, depois de em novembro do ano passado ter alcançado 4,34% do total dos empréstimos concedidos. 

No que diz respeito ao crédito ao consumo, subiu de 10,71% em dezembro para 10,72% em janeiro, representando 1.288 milhões do total de 12.013 milhões concedidos.