Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

25% do poder de compra nacional está concentrado em sete concelhos

Negocios Y Emprendimiento
Negocios Y Emprendimiento
Autor: Redação

Lisboa, Porto, Sintra, Vila Nova de Gaia, Cascais, Oeiras e Loures. Nestes sete concelhos concentra-se um quarto do poder de compra do Continente, segundo os dados disponíveis na aplicação Sales Index da Marktest. Criado em 1992, este índice permite acompanhar anualmente como se caraterizam os concelhos de Portugal Continental em relação aos indicadores de poder de compra regional.

Alargando a análise, metade do poder de compra do Continente concentra-se em 26 concelhos, sobretudo localizados no litoral, ocupando apenas 6% da área total do Continente. Mas concentram 45% da sua população residente, 26% do parque habitacional, 44% das dependências bancárias, 50% da atividade do Multibanco, 44% dos estabelecimentos comerciais, 59% das vendas de automóveis, 45% do consumo de eletricidade ou 70% dos médicos. 

Nestes concelhos localizam-se ainda 46% das empresas nacionais, 55% dos trabalhadores ao serviço nessas empresas e 24% dos alojamentos turísticos (incluindo alojamentos locais).

Este índice, que totaliza 1000 no conjunto dos 278 concelhos do Continente, apresenta um valor máximo em Lisboa (99.8‰). Porto é o segundo concelho com maior poder de compra, seguido de Sintra, Vila Nova de Gaia e Cascais. Se a estes cinco concelhos juntarmos Oeiras e Loures, obtemos mais de um quarto (26%) do poder de compra do Continente, concentrado assim num espaço que ocupa uma área inferior a 1% do território.

Marktest
Marktest