Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ex-ministro do Trabalho espanhol detido por branqueamento de capitais

Autor: Redação

Eduardo Zaplana, antigo ministro do Trabalho e Assuntos Sociais espanhol de Aznar, foi detido esta terça-feira, 22 de maio de 2018, por alegado branqueamento de capitais, desvio de fundos e suborno. O ex-governante, que exerceu funções no executivo do Partido Popular liderado por José María Aznar até 2004, foi detido ontem de manhã à porta da sua residência pela Unidade Central Operativa (UCO) da Guarda Civil, em Valência, no seguimento da “Operação Erial”.

Segundo a imprensa espanhola, citada pela Lusa, deverá haver mais quatro detenções no âmbito desta operação para além de outras duas que já tinham sido feitas.

As autoridades espanholas estão a investigar operações realizadas por Eduardo Zaplana, com dinheiro proveniente do estrangeiro e que se desconfia que seja proveniente da cobrança de comissões ilegais em contratos públicos na altura em que Zaplana exercia cargos na administração pública.

Imediatamente após a sua detenção, a companhia espanhola Telefónica fez saber que decidiu suspender a sua relação laboral com o ex-ministro, que era seu assessor desde 2008, segundo noticiou o jornal espanhol eldiario.es.