Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Estes 17 países estão em risco extremamente elevado de escassez de água

Bloomberg via World Resources Institute
Bloomberg via World Resources Institute
Autor: Redação

Portugal está entre os 44 países que esgotam, pelo menos, 40% das suas reservas de água, colocando-se numa situação de risco elevado de escassez de água. Em situação mais delicada – em risco extremamente elevado de escassez de água – estão outras 17 nações, que representam um quarto da população mundial.

Os dados em causa consta de um estudo do projeto “Aqueduto” do World Resources Institute, que analisou analisou a situação em 164 países.

Segundo a Lusa, que se apoia no relatório, Portugal está entre os 44 países que esgotam, pelo menos, 40% das suas reservas de água, colocando-se numa situação de risco elevado de escassez de água.

Já os 17 países onde o cenário é mais assustador usam pelo menos 80% das suas reservas de água a cada ano, com a agricultura, as indústrias e os municípios a representarem a maior fonte de pressão sobre as suas reservas de água. 

“A escassez de água coloca sérias ameaças à vida humana, à sua subsistência e à estabilidade económica. Isso está prestes a piorar, a menos que os países tomem medidas: o crescimento da população, o desenvolvimento socioeconómico e a urbanização estão a provocar uma maior procura por água, enquanto as alterações climáticas podem tornar mais variável a precipitação e a procura”, lê-se no documento.