Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal é um dos 10 melhores países do mundo para as mulheres trabalharem

Em causa está o Glass Ceiling Index para 2021, elaborado pela revista norte-americana The Economist.

Photo by LinkedIn Sales Navigator on Unsplash
Photo by LinkedIn Sales Navigator on Unsplash
Autor: Redação

Portugal é o sétimo melhor país para as mulheres trabalharem, de acordo com o Glass Ceiling Index para 2021, elaborado pela revista norte-americana The Economist. O ranking conta com 29 países e combina dados como educação, emprego, salário, encargos com crianças, direitos de maternidade e paternidade e representação em cargos de topo.

O melhor país para uma mulher trabalhar é a Suécia, seguida da Islândia, Finlândia e Noruega. Isto porque os países nórdicos "são particularmente bons a ajudar as mulheres a concluírem a faculdade, garantir um emprego, dar acesso a posições de topo nas empresas e beneficiar de sistemas de licença e de horários de trabalho flexíveis", lê-se na publicação.

The Economist
The Economist

Em quinto, sexto e sétimo lugares aparecem a França, Dinamarca e Portugal. O Top 10 fica fechado com Bélgica, a Nova Zelândia e a Polónia, respetivamente. Espanha aparece na 15ª posição e a Alemanha no 22º lugar do ranking, abaixo da média registada na OCDE. Os EUA, neste caso, ocupam a 18ª posição, estando a Coreia do Sul no último lugar da tabela.