Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

7 dicas para trabalhar o perfil de Instagram de forma profissional

Trabalhar e crescer no Instagram implica ter uma estratégia. Não basta estar presente, é preciso saber tirar partido desta ferramenta. Eis algumas dicas.

Foto de Cristian Dina no Pexels
Foto de Cristian Dina no Pexels
Autor: Redação

Atualmente existem poucas pessoas ou empresas que não possuem perfil no Instagram. Se quiseres destacar-te nesta rede social, em termos profissionais, terás de elaborar uma estratégia que te diferencie dos demais perfis que podem ser semelhantes ao teu. Se acabaste de chegar às redes sociais e não sabes por qual delas (e por onde) deves começar, este guia é para ti.

A equipa do Avaibook (software de gestão de alojamentos turísticos do idealista) preparou uma lista de dicas que podem ajudar-te a trabalhar esta ferramenta e ter sucesso.

1. Configurar a conta e otimizar o perfil

É importante que apareçam todas as informações que te definem e posicionam dentro de um setor. Um truque é, na secção “Nome”, especificar o que fazes para que te possam encontrar mais facilmente ao pesquisar no Instagram.

Pensa também numa descrição para a secção "apresentação". Os emojis são muito visuais e, por isso, pode ser boa ideia usar um no início de casa frase (curta).

2. Pensar sobre a estratégia de conteúdo no Instagram

Terás de pensar se vais publicar apenas fotos, vídeos, ou se vais fazer uma mistura dos dois tipo de conteúdo. Aconselhamos-te a optar pelo último e ver como funciona. Contando com o facto de que - ultimamente - o Instagram está a dar muito mais importância ao formato do vídeo e a dar prioridade a este tipo de conteúdo.

Depois, ainda será necessário avaliar o que publicar em cada função: reels, IGTV, post, stories ou guias. Este último não é muito conhecido, mas podes explorá-lo no perfil. Se te dedicas ao arrendamento para férias, poderás, por exemplo, fazer recomendações para a região, dar sugestões de lugares interessantes que ficam perto dos teus alojamentos ou até mesmo indicar no teu feed onde é possível tirar fotos de vistas incríveis e ter mais interações no perfil.

Foto de lLisa no Pexels
Foto de lLisa no Pexels

3. Criar uma linha de design para as publicações

O conteúdo que publicamos em todas as redes sociais é importante, mas o design de todas elas também é - e mais ainda no Instagram. Existem muitas opções em termos de como podes organizá-lo: horizontalmente, verticalmente, por cor, feed tipo xadrez, quebra-cabeças, com molduras. Na AvaiBook decidimos escolher um design que representa todos os elementos corporativos da nossa marca.

O melhor é trabalhares com um calendário de publicações para controlares o que estás a publicar, os horários e interações.

4. Usar hashtags corretas

Isso é importante. Não é a usar muitos hashtags que terás um melhor desempenho. Vamos pensar, o que é preferível: chegar a muita gente que não se interessa por nós ou chegar a um número menor de pessoas que se interessam pelo nosso tipo de conteúdo?

Portanto, tens que pensar nas hashtags que melhor te definem e aquelas que vão ajudar-te a atingir um público totalmente interessado no teu conteúdo. A lógica é a mesma: menos é mais.

Foto de Prateek Katyal no Pexels
Foto de Prateek Katyal no Pexels

5. Descobre como o algoritmo do Instagram funciona e como ele afeta as publicações

Claro que já ouviste falar do algoritmo. Mas podes nem ter ouvido as últimas notícias sobre ele e é normal, porque muda continuamente. Por isso é necessário estarmos sempre atentos. Atualmente, dá muita importância ao interesse gerado pelas publicações. Quanto mais interações no teu perfil, mais aparecem as tuas publicações.

Outras dicas que damos é que escrevas (e ocultes) os teus hashtags nas histórias e aumentes as interações através de caixas de perguntas ou gifs.

6. Estudar o momento perfeito para publicar

Como já referimos, se o teu perfil nesta rede social for do tipo "empresa", terás acesso a conteúdos específicos que te mostrarão métricas de desempenho do teu perfil e que poderás utilizar para perceber, por exemplo, em que momentos o teu público é mais ativo.

O acesso a essas informações é muito fácil: entra na seção “Insights”, e dentro do “Teu público” poderás ver em que dias e horários os teus seguidores têm mais atividade nesta rede social. Com esses dados terás mais interações nas publicações e o algoritmo do Instagram vai “portar-se” bem com elas.

Pixabay
Pixabay

7. Fazer o público crescer

É claro que é mais fácil falar do que fazer, mas se trabalhares nos pontos anteriores e fores constante, é mais provável que o teu público cresça por conta própria. A fórmula é clara, conteúdo interessante + proximidade = crescimento. Pode demorar um pouco, mas um trabalho bem feito compensa sempre.