Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Construtora espanhola Sacyr lucra 113 milhões com venda de hospitais em Portugal

Autor: Redação

O fundo de infraestrutras Aberdeen é o novo dono das participações que a construtora espanhola Sacyr detinha nos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira e Açores. A operação de venda do capital da HC-Hospitais Concessionados aos holandeses, realizada no valor de 113 milhões de euros através da Somague, prevê que a gestão das unidades de saúde em Portugal continue nas mãos dos espanhóis.

A Sacyr, em comunicado, revela ter vendido 98% do capital que detinha na HC-Hospitais Concessionados (51% nos hospitais de Braga e Vila Franca de Xira e 40% no hospital da ilha Terceira, nos Açores). As participações eram detidas pela subsidiária portuguesa da Sacyr, a Somague e o montante da transação inclui a dívida associada às participações.

A Sacyr explica que “esta operação engloba-se na estratégia de Sacyr de rotação de ativos maduros com o objetivo de investir em novos projetos em desenvolvimento”. A empresa espanhola assegura ainda que vai “continuar ativa no negócio das concessões em Portugal e no dos hospitais em regime de concessão”.

A Aberdeen é uma gestora de ativos de direito holandês fundada em 1983 e que cotiza em bolsa. Presente em 25 países repartidos pela Europa, Ásia e América, no final de 2015 a empresa geria uma carteira de ativos avaliada em 394 mil milhões de euros.