Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

lisboa: projecto polémico para o rato vai mesmo avançar

imagem do projecto de autoria de manuel aires mateus e frederico valsassina
Autor: Redação

afinal o projecto de manuel aires mateus e frederico valsassina para o largo do rato vai mesmo avançar, na versão inicial que tanta polémica causou. segundo o público, a câmara de lisboa decidiu ontem licenciar a obra, numa votação na qual não participaram os vereadores visados na acção judicial intentada pelo promotor e que deverá agora ser retirada

"há sempre surpresas nesta vida", disse aos jornalistas o presidente da autarquia, revelando depois que o executivo tinha decidido que se devia limitar a apreciar os projectos de especialidades e emitir a licença de construção, uma vez que o projecto de arquitectura estava aprovado desde 2005

antónio costa garantiu ainda que a sociedade de gestão imobiliária aldiniz vai desistir do processo em que pedia uma indemnização de cerca de 18 milhões de euros aos eleitos que, em 2008, rejeitaram o pedido de licenciamento

o projecto deu entrada na câmara em 2004, mas só agora mereceu deferimento por parte do executivo camarário

ruben de carvalho (pcp) e helena roseta (cidadãos por lisboa), dois dos visados na referida acção judicial, não participaram na votação alegando um impedimento legal. já josé sá fernandes não participou na reunião camarária de ontem. os restantes visados já não pertencem ao executivo