Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Idosos pedem ajuda à associação de inquilinos lisbonenses para travar aumento de rendas (vídeo)

Autor: Redação
A nova Lei das Rendas entrou em vigor a 12 de novembro do ano passado, mas só agora está a funcionar na plenitude, depois das finanças terem começado a entregar as Declarações de Rendimento Anual Bruto Corrigido (RABC) aos inquilinos com mais dificuldades financeiras. Desta forma, estes arrendatários beneficiarão de aumentos mais suaves de rendas. Ainda assim, as filas à porta da Associação de Inquilinos Lisbonenses (AIL) repetem-se todos os dias, havendo centenas de idosos a pedir ajuda para não pagarem rendas que, dizem, não conseguem suportar.
 
Em declarações à Sic Notícias, António Machado, da direcção da AIL, considerou “lamentável que se desrespeite desta maneira tão violenta os mais velhos, os mais fragilizados, os mais pobres”. “É uma coisa aterradora”, frisou.
 
Segundo a publicação, centenas de idosos estão a viver um pesadelo para evitar que a renda de casa suba para valores incomportáveis, passando horas e às vezes dias à porta da ail à procura de ajuda para escrever a carta aos senhorios a pedir um regime de excepção. Para poderem ser atendidas, as pessoas começam a chegar à ail de madrugada.