Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Zonas residenciais vão ter novo sinal de trânsito obrigatório

A nova placa vai indicar que são zonas usadas por peões e por veículos, com regras de trânsito especiais.

Photo by William Krause on Unsplash
Photo by William Krause on Unsplash
Autor: Redação

Quem anda na estrada vai começar a ver um novo sinal de trânsito. Uma alteração ao Regulamento de Sinalização de Trânsito, em harmonia com a última alteração ao Código da Estrada, veio criar um novo sinal (com fundo azul) que indica a aproximação às chamadas zonas residenciais ou de coexistência. O diploma entra em vigor daqui a 180 dias, isto é, em março de 2020.

De acordo com o decreto publicado em Diário da República – insere-se nas medidas aprovadas ao nível do novo Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária — PENSE 2020 –, “as zonas de residência ou de coexistência, concebidas para utilização partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito, devem ser sinalizadas como tal, justificando -se a criação de um sinal de informação de zona residencial ou de coexistência”.

O novo sinal de trânsito / DRE
O novo sinal de trânsito / DRE

A nova lei “procede, ainda, à distinção entre sinais de trânsito, sinais de agentes reguladores de trânsito e sinais dos condutores”. “Respondendo à evolução social introduzem-se novos sinais de informação, novos símbolos de indicação turística, geográfica, ecológica e cultural, bem como novos quadros com a representação gráfica dos sinais dos condutores, dos agentes reguladores do trânsito e a representação gráfica dos sinais luminosos”, lê-se no mesmo documento.