Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Outra forma de descobrir Istambul: completamente vazia

Ignacio Pereira, fotógrafo espanhol, viaja pelo mundo à procura de fotografias únicas tiradas em megalópoles para dar-nos uma visão diferente da realidade.

Basílica de Santa Sofia, Istambul / Ignacio Pereira
Basílica de Santa Sofia, Istambul / Ignacio Pereira
Autor: Redação

Uma das coisas mais características de Istambul (Turquia) é a agitação de seus habitantes e turistas que visitam esta cidade mágica. Os arredores da Ponte Galata e da Hagia Sophia são apenas alguns dos lugares mais famosos. Mas o que aconteceria se estivessem completamente desertos?

O fotógrafo Ignacio Pereira, criativo de Madrid, viaja pelo mundo em busca de megalópoles para oferecer uma visão diferente da realidade: capturar espaços habitualmente cheios, para depois esvaziá-los e contar a história de um único protagonista. Em cada fotografia há uma pessoa misteriosa que caminha sozinha pelas ruas vazias - já fez o mesmo em Tóquio, Londres e Nova Iorque. 

A Hagia Sophia, a rua comercial İstiklal ou a área ao redor da torre e da ponte Galata são alguns dos locais escolhidos por Ignacio para mostrar a vastidão desses cenários que retratam apenas uma pessoa neles.

O fotógrafo centra-se em particular na Hagia Sophia, para capturar luz natural e transformar o espaço num cenário impressionante. Famosa pela sua enorme cúpula, é considerada a obra-prima da arquitetura bizantina e diz-se que "mudou a história da arquitetura".

"É fácil imaginar uma praia ou floresta deserta, mas ... uma cidade grande?”, diz Ignacio.