Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

10 cidades Património Mundial da UNESCO vistas do espaço

Palmanova (Itália) / Daily Overview/Maxar Tecnologies
Palmanova (Itália) / Daily Overview/Maxar Tecnologies
Autor: Redação

Em novembro celebra-se o Dia Internacional da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), uma data que comemora a constituição deste importante organismo internacional, fundado no ano de 1945. Atualmente, 195 estados fazem parte da UNESCO, e objetivo é orientar essas nações para a preservação dos recursos naturais e dos seus valores culturais.

Em 1972, a UNESCO criou a Convenção para a proteção do Património Mundial, que vincula os princípios da conservação da natureza e preservação do património cultural, isto é, aqueles que pelo seu valor universal merecem proteção especial contra os perigos que enfrentam, nomeadamente sítios e monumentos que podem ser ameaçados pela deterioração ou desaparecimento ao longo do tempo. Para serem incluídos na Lista do Património Mundial da UNESCO, esses locais devem ter valor universal excecional e atender a pelo menos um dos dez critérios de seleção elaborados pela organização.

O Comité revê periodicamente os critérios para refletir a evolução do próprio conceito de Património Mundial. A lista também é constantemente atualizada com novos locais, separados em categorias: património cultural, património natural e património misto.

Estas são apenas algumas das cidades históricas.